clique para ir para a página principal

Azul lança nova empresa para vôos sub-regionais

Atualizado em -

Azul lança nova empresa para vôos sub-regionais
► Azul economiza R$ 3,2 bilhões após acordo com arrendadores► Azul e Latam iniciam compartilhamento de voos a partir desta quarta-feira (12)► Abertura de mercado: vendas do varejo nos EUA sobem 1,2%; Senado americano entra em recesso sem acordo

A Azul (AZUL4) lançou hoje, terça-feira (11), sua nova subsidiária para voos regionais: a Azul Conecta. Com este novo projeto, a empresa busca atingir 200 cidades nos próximos anos.

A nova empresa é fruto da aquisição da Two Flex, anunciada no início deste ano, que era uma companhia aérea brasileira doméstica com sede em Jundiaí, São Paulo, fundada em 2013.

a Azul Conecta é composta por 17 aeronaves modelo Cessna Gran Caravan, um turboélice regional monomotor com capacidade para até nove assentos. Dos 17 aviões, três são exclusivamente cargueiros.

“A Azul Conecta nasce da vocação regional da Azul e da TwoFlex que, separadamente, já estavam levando o serviço aéreo para novas e diversas partes do Brasil. Agora, estamos unindo a força das empresas. Com a Conecta, queremos atingir a marca histórica de 200 cidades servidas no país nos próximos anos”, ressalta Flávio Costa, diretor-presidente da Azul Conecta.

O evento, que ocorreu em Jundiaí (SP), contou com a participação de profissionais e executivos da empresa e representantes do governo.

"Chegar com esse tipo de aeronave é fundamental. Não temos aeroportos como Congonhas em todos os lugares do Brasil", disse o secretário Nacional de Aviação Civil (SAC) do Ministério da Infraestrutura, Ronei Saggioro Glanzmann.

Com a Azul Conecta, o grupo consegue cobrir 152 municípios. Flávio Costa afirmou ainda que vê maiores oportunidades no Norte e no Nordeste.

"São regiões muito desabastecidas. Mas também há oportunidades em cidades pequenas no Sudeste e Sul", complementou o vice-presidente Técnico-Operacional da Azul e diretor presidente da Azul Conecta, Flavio Costa.

Relacionados:

► Azul economiza R$ 3,2 bilhões após acordo com arrendadores► Azul e Latam iniciam compartilhamento de voos a partir desta quarta-feira (12)► Abertura de mercado: vendas do varejo nos EUA sobem 1,2%; Senado americano entra em recesso sem acordo

Leia mais: