clique para ir para a página principal

O que é Ebitda e como usar esse indicador para avaliar uma empresa

Atualizado em -

O que é Ebitda e como usar esse indicador para avaliar uma empresa Freepik
► Fundo árabe negocia compra da Atvos, unidade sucroenergética da Odebrecht► Lista de empresas na fila pela abertura de capital na B3 aumenta

Quando decidimos investir o nosso dinheiro surgem muitas nomenclaturas e expressões que nunca sequer ouvimos falar. Essas combinações de letras, às vezes confusas, tem significados importantes e nos auxiliam a escolher onde aplicar nosso dinheiro com maior segurança.

Um desses indicadores financeiros é o chamado cálculo do EBITDA.

Embora alguns investidores utilizem apenas informações de lucro e prejuízo de uma empresa, tais dados não são suficientes para o entendimento de um negócio, tampouco para estabelecer projeções futuras de crescimento.

A partir disso, vários mecanismos passaram a fazer parte do processo de gestão financeira e orçamentária das instituições, como forma de avaliar a produtividade e a eficiência real de lucratividade do negócio.

MAS, AFINAL, O QUE É EBITDA?

A sigla vem do termo em inglês Earnings before interest, taxes, depreciation and amortization e retrata o lucro de uma companhia antes de serem descontados o que a empresa gastou em juros e impostos, e perdeu em depreciação e amortização. Com essa ferramenta, analistas e empresários avaliam a saúde financeira de uma instituição e decidem se vale ou não a pena entrar em um negócio.

Até 2012, o cálculo do Ebitda não tinha uma padronização definida e as empresas podiam adotar métodos distintos para o seu cálculo. Em um cenário assim, uma análise comparativa entre elas era muito complicada, o que acabava deixando os investidores sem saber se o negócio era rentável ou não.

Diante dessa imprecisão, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) estabeleceu parâmetros para padronizar as informações usadas para este cálculo. Com dados mais seguros, analistas e empresários ganharam maior confiança nos dados divulgados para performance financeiras das empresas.

E COMO CALCULAR ISSO?

De forma simplificada, o Ebitda é um cálculo matemático, sendo: EBITDA = Lucro Operacional Antes do Imposto de Renda e Receitas/Despesa Financeira + Depreciação + Amortização

Para calcular esse indicativo, é preciso conhecer o lucro operacional de uma instituição. Para encontrar este valor basta subtrair da receita líquida os custos das mercadorias/serviços vendidos, das despesas operacionais e das despesas financeiras líquidas.

Após encontrar o lucro operacional, basta somar a ele a amortização e a depreciação incluída nos custos e despesas operacionais, conforme exemplo simplificado da tabela abaixo:

text

COMO USÁ-LO PARA UMA TOMADA DE DECISÃO?

"Como vimos anteriormente, o Ebitda é mais uma importante ferramenta para medir de maneira eficiente os resultados de uma empresa, sem incorporar em seu cálculo efeitos financeiros e possíveis decisões contábeis".

Através dessas informações, instituições financeiras e demais interessados usam a variação do indicador para avaliar o potencial de crescimento de um negócio, com o objetivo de separar quais investimentos valem a pena ou não.

Contudo, o Ebitda não pode ser o único indicador quando se quer decidir em qual empresa investir seus bens. Hoje os resultados são percebidos também com auxílio de outras métricas, como o “lucro por ação” e o "Fluxo de Caixa Operacional", que apresentam uma dimensão mais completa da capacidade da empresa em se sustentar, crescer e lucrar.

Relacionados:

► Fundo árabe negocia compra da Atvos, unidade sucroenergética da Odebrecht► Lista de empresas na fila pela abertura de capital na B3 aumenta

Leia mais: