clique para ir para a página principal

Encerramento de mercado: FOMC revela preocupação com economia americana e avalia ajustes à política monetária

Atualizado em -

Encerramento de mercado: FOMC revela preocupação com economia americana e avalia ajustes à política monetária
► Efeitos negativos da pandemia atingiram 4 em cada 10 empresas no Brasil► Lista de empresas na fila pela abertura de capital na B3 aumenta

O índice brasileiro encerrou o dia em queda de -1,19% cotado aos 100.853 pontos acompanhando o movimento das bolsas americanas, após a ata da última reunião do Comitê Federal de Mercado Aberto (FOMC) revelar preocupação dos diretores do Federal Reserve com a “atividade econômica, o emprego e a inflação” em meio à pandemia.

As autoridades do Federal Reserve (FED), sistema de bancos centrais dos EUA, sinalizaram também que avaliam ajustes à política monetária que podem resultar na manutenção das medidas de estímulo utilizadas hoje por muito mais tempo. Deste modo, a atual taxa de juros na faixa entre 0% e 0,25% pode se manter até que os dirigentes estejam “confiantes de que a economia resistiu aos eventos recentes e está caminho para atingir as metas de emprego e estabilidade de preços”.

Por outro lado, os investidores comemoraram a fala da presidente da Câmara dos EUA, Nancy Pelosi, que sugeriu que os democratas podem estar dispostos a fazer mais cortes em sua proposta de estímulos à economia para assim chegar a um acordo com os republicanos.

Enquanto isso, o dólar comercial registra alta de +1,13% a R$ 5,5283 na compra e a R$ 5,5303 na venda.

Maiores altas:

  • Marfrig (MRFG3) +5,60% R$ 17,16
  • Ultrapar (UGPA3) +4,68% R$19,69
  • JBS (JBSS3) +3,52% R$ 24,70

Maiores baixas:

  • Cogna (COGN3) -5,89% R$ 6,55
  • Sabesp (SBSP3) -4,95% R$ 52,80
  • IRB (IRBR3) -4,77% R$ 7,19

Relacionados:

► Efeitos negativos da pandemia atingiram 4 em cada 10 empresas no Brasil► Lista de empresas na fila pela abertura de capital na B3 aumenta

Leia mais: