clique para ir para a página principal

Bradesco tem maior lucro da América Latina no primeiro semestre do ano

Atualizado em -

Bradesco tem maior lucro da América Latina no primeiro semestre do ano
► Na pandemia, e-commerce registra maior faturamento em 20 anos► Contas do governo registraram rombo superior a R$ 500 bi até julho

O Bradesco (BBDC3; BBDC4) registrou lucro líquido de US$ 1,257 bilhão (R$ 6,888 bilhões) no primeiro semestre do ano, ultrapassando seu maior rival, o Itaú Unibanco (ITUB4), e se tornando a companhia aberta com maior lucro na América Latina no período. O valor representa uma queda de 59% em relação ao mesmo período do ano.

O estudo realizado pela Economática incluiu 582 empresas de diferentes setores que divulgaram os balanços do segundo trimestre, para compor o resultado semestral, até o dia 21. A lista com as 20 empresas mais lucrativas conta com 8 bancos e 4 empresas de energia elétrica.

O levantamento levou em conta o lucro contábil atribuído aos acionistas, usado como base para distribuição de dividendos, e deixou de fora a parcela do resultado que vai só para os minoritários das subsidiárias.

Em terceiro lugar aparece o Banco do Brasil (BBAS3) com US$ 1,17 bilhão. A Vale (VALE3), empresa mais valiosa do Brasil, ocupa a quarta posição com US$ 1,14 bilhão.

A queda no lucro dos bancos foi causada pelo forte aumento nas reservas para cobrir eventuais calotes, reflexo da atual crise econômica causada pela pandemia de Covid-19.

Relacionados:

► Na pandemia, e-commerce registra maior faturamento em 20 anos► Contas do governo registraram rombo superior a R$ 500 bi até julho

Leia mais: