clique para ir para a página principal

UE anuncia doação de 400 milhões de Euros para programa da OMS por vacina universal contra Covid-19

Atualizado em -

UE anuncia doação de 400 milhões de Euros para programa da OMS por vacina universal contra Covid-19 dpa-Bildfunk
► CAF aprova empréstimo milionário para ajudar o Brasil no combate à covid-19► EUA anunciam que vão reduzir quota para exportações de aço semi-acabado do Brasil

A Comissão Europeia fez um anúncio hoje que pode trazer mais equilíbrio na compra e distribuição de vacinas para países com menos capital disponível. A presidente do órgão, Ursula von der Leyen, ofereceu mais 400 milhões de Euros para uma iniciativa liderada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) voltada para a compra de vacinas contra a Covid-19.

"Juntos faremos todos os esforços para acelerar o desenvolvimento e a distribuição de vacinas contra o coronavírus para europeus, mas também para o resto do mundo", afirmou Ursula von der Leyen.

Batizada de Covax, o programa da OMS pretende comprar 2 bilhões de doses de vacinas potenciais de vários fabricantes contra o novo coronavírus até o final de 2021.

A OMS ainda vai definir como será distribuída equitativamente a vacina entre as economias que participam da iniciativa. O objetivo do programa Covax é ampliar o poder de negociação e garantir grandes compras em larga escala entre as vacinas potenciais em desenvolvimento. Parte do dinheiro arrecadado é usado para o desenvolvimento das pesquisas e ampliação da capacidade de produção dos laboratórios na tentativa de acelerar o acesso a uma vacina aprovada cientificamente.

Atualmente, existem sete ensaios clínicos em andamento entre as nove vacinas mais promissoras para a Covid-19.

A comissão da União Europeia (UE) negocia a compra adiantada com diversas fabricantes de vacinas contra o coronavírus, em nome dos 27 países que integram o bloco. A comissão também já anunciou que os governos da UE não podem negociar de forma paralela a aquisição de vacinas.

"Hoje, a comissão está anunciando uma contribuição de 400 milhões de euros para a Covax, a fim de trabalharmos juntos na aquisição de vacinas futuras em benefício de países de rendas baixa e média", declarou a presidente da Comissão Europeia.

A OMS informou, em nota divulgada na semana passada, que 172 países já manifestaram o interesse pela participação na iniciativa Covax e, pelo menos, 92 países podem ser beneficiados com a medida.

Relacionados:

► CAF aprova empréstimo milionário para ajudar o Brasil no combate à covid-19► EUA anunciam que vão reduzir quota para exportações de aço semi-acabado do Brasil

Leia mais: