clique para ir para a página principal

Novas declarações de Trump sobre a China afetam mercados

Atualizado em -

Novas declarações de Trump sobre a China afetam mercados
► EUA criam 1,3 milhão de vagas de emprego em agosto; mercados operam de forma mista► Produção de veículos sobe 23,6% no mês de agosto

O Ibovespa encerrou a sexta-feira em leve alta, variação +0,52%, cotado a 101.242 pontos, mas no acumulado da semana índice brasileiro teve queda de 0,88%. A semana foi marcada pela prorrogação do auxílio emergencial por mais quatro meses no valor de R$ 300,00, contração de 9,7% no PIB do segundo trimestre e apresentação da Reforma Administrativa do governo ao congresso. Já na frente internacional, as bolsas americanas bateram máximas históricas, mas encerraram no terreno negativo após forte queda das ações de empresas de tecnologia.

Na manhã de hoje, o índice S&P 500 indica abertura com variação de -1,39% e as bolsas europeias operam em queda de 1,6% em meio a tensões entre os Estados Unidos a China depois que o presidente Donald Trump prometeu reduzir drasticamente os laços econômicos entre os dois países. O presidente norte-americano sugeriu que os EUA não perderiam dinheiro se os dois países deixassem de fazer negócios.

"Perdemos bilhões de dólares e se não fizéssemos negócios com eles não perderíamos bilhões de dólares", disse Trump em coletiva de imprensa na Casa Branca nesta segunda (07).

Na Europa, União Europeia e Reino Unido retomaram as negociações sobre o Brexit, o que gerou tensões entre governos após o primeiro-ministro Boris Johnson afirmar estar disposto a abandonar as conversas se as condições não forem adequadas.

Na agenda econômica, o destaque ficou para a divulgação do PIB do Japão e da Zona do Euro. No Japão, o PIB apresentou a terceira queda consecutiva, de -7,8% no segundo trimestre de 2020. Na Zona do Euro, por outro lado, apesar de o PIB ter registrado a maior queda histórica no segundo trimestre, de -11,8% T/T, o resultado ficou levemente acima das expectativas de mercado.

Cenário Nacional

No cenário doméstico, atenção para a divulgação do IPCA de agosto na quarta-feira, vendas do varejo de julho na quinta e do setor de serviços na sexta, enquanto no exterior serão divulgados os úmeros de inflação e da balança comercial da China em agosto, além da decisão de política monetária do Banco Central Europeu (BCE).

Corporativo

No cenário corporativo, a Oi aceitou proposta vinculante apresentada em conjunto pela companhia e as empresas Telefônica Brasil, TIM e Claro para a compra da operação de telefonia móvel da Oi por R$ 16,5 milhões. De acordo com o documento, R$ 756 milhões referem-se a serviços de transição a serem prestados por até 12 meses pela Oi, além do compromisso de celebração de contratos de longo prazo de prestação de serviços de capacidade de transmissão junto à Oi.

Entre as commodities, os contratos futuros do minério de ferro registraram queda de 1,63% na bolsa chinesa de Dalian e o petróleo Brent opera em queda de 3,69%, cotado a US$ 40,45.

Relacionados:

► EUA criam 1,3 milhão de vagas de emprego em agosto; mercados operam de forma mista► Produção de veículos sobe 23,6% no mês de agosto

Leia mais: