clique para ir para a página principal

Ibovespa encerra em queda de 0,62% pressionado pela queda da Vale e virada das bolsas americanas

Atualizado em -

Ibovespa encerra em queda de 0,62% pressionado pela queda da Vale e virada das bolsas americanas Foto: Freepik
► Investidores de fundos imobiliários chegam à marca de um milhão pela primeira vez► Oi encerra julho com geração de caixa operacional em R$ 8 milhões; ações saltam

O índice brasileiro encerrou o dia em queda de -0,62% aos 99.675 pontos refletindo a virada de última hora das bolsas americanas e pressionada, principalmente, pelas ações da Vale. Os índices S&P 500 e Nasdaq caíram 0,46% e 1,25% respectivamente, graças ao desempenho negativo das ações de empresas de alta tecnologia, que voltaram a atrair vendas.

No noticiário macroeconômico, o Fomc manteve os juros dos Estados Unidos entre 0% e 0,25% ao ano, sinalizando que as taxas ficarão perto de zero até pelo menos 2023. Após o comunicado, Jerome Powell disse que o Fed buscará alcançar uma inflação moderadamente acima de 2% por algum tempo;

Por aqui, a expectativa é que o Copom deva manter a taxa básica de juros em 2% ao ano. Há uma atenção especial sobre possíveis falas sobre o ambiente fiscal depois da desistência do governo para dar prosseguimento com o Renda Brasil.

Enquanto isso, o dólar comercial registra queda de -0,92% a R$ 5,2393 na compra e a R$ 5,2406 na venda.

Maiores altas

  • CVC (CVCB3) +4,23% R$ 18,22
  • Azul (AZUL4) +3,75% R$ 29,08
  • Gol (GOLL4) +3,69% R$ 21,63

Maiores baixas

  • Minerva (BEEF3) -3,25% R$ 13,39
  • Usiminas (USIM5) -3,21% R$ 10,87
  • JBS (JBSS3) -2,91% R$ 23,40

Relacionados:

► Investidores de fundos imobiliários chegam à marca de um milhão pela primeira vez► Oi encerra julho com geração de caixa operacional em R$ 8 milhões; ações saltam

Leia mais: