clique para ir para a página principal

Ministro afirma que empresas como Magalu e Amazon estão interessadas na compra dos Correios

Atualizado em -

Ministro afirma que empresas como Magalu e Amazon estão interessadas na compra dos Correios Foto: Vinicius Santa Rosa
► Melhora no serviço online durante a pandemia desperta novos hábitos de consumo nos brasileiros► OCDE melhora projeção para economia mundial em 2020

O ministro das Comunicações, Fábio Faria, afirmou nesta quarta-feira (16) que cinco empresas estão interessadas na privatização dos Correios. Durante uma transmissão ao vivo, o ministro citou como exemplo a Magazine Luiza e a Amazon fazem parte do grupo de interessados.

“O importante é que já tem cinco players interessados. O Magalu é um deles, a Amazon, a DHL e FedEx. Já tem pessoas, grupos interessados na aquisição dos Correios, então isso é importante, porque não teremos um processo de privatização vazio", disse o ministro.

Apesar de afirmar que as gigantes estão interessadas na privatização, o ministro não deu data para que o processo ocorra.

Greve

Em meio à pandemia, os funcionários entraram de greve em 17 de agosto e permanecem paralisados desde então. Os Correios aguardam uma decisão judicial, que deve acontecer na próxima semana, para normalizar suas atividades. Além de protestar contra a proposta de privatização da estatal e pela manutenção de benefícios trabalhistas, os funcionários também pedem reajustes salariais.

O ministro Fábio Faria também falou sobre a greve durante a transmissão ao vivo desta quarta.

“Acho que isso [a greve] foi muito ruim pra eles, porque é um momento em que todos precisam dar o melhor de si", destacou.

Relacionados:

► Melhora no serviço online durante a pandemia desperta novos hábitos de consumo nos brasileiros► OCDE melhora projeção para economia mundial em 2020

Leia mais: