clique para ir para a página principal

Aumento no número de novos casos da Covid-19 na Europa afeta bolsas de valores

Atualizado em -

Aumento no número de novos casos da Covid-19 na Europa afeta bolsas de valores Freepik
► Presidente da Itaúsa diz que holding pode anunciar investimentos em setores diversificados► Com pressão de alimentos, prévia da inflação de setembro tem maior alta para o mês desde 2012

O índice brasileiro encerrou o dia de ontem em queda de -1,60% aos 95.734 pontos voltando a patamares de junho em mais um pregão volátil, acompanhando sessão de sell-off nas ações de empresas de alta tecnologia dos Estados Unidos. Os índices americanos Dow Jones, S&P 500 e Nasdaq recuaram 1,92%, 2,37% e 3,02% respectivamente. Segundo analistas consultados pela CNBC, essa venda generalizada vem após uma segunda onda da pandemia do coronavírus atingir em cheio a Europa, enquanto o mundo se prepara para a vacina. Autoridades de Madrid, pediram uma ajuda urgente para contratar centenas de médicos estrangeiros e reforçar o policiamento para enfrentar o novo surto.

O avanço do número de casos na Europa pesa o sentimento do mercado. O número de casos diários no Reino Unido subiu 25% de um dia para outro, segundo a rede britânica BBC. O país reportou ontem 6.178 casos. Ao mesmo tempo, dois ministros alemães estão em quarentena depois de terem tido contato com infectados. O Euro Stoxx opera em queda de -0,42%, Alemanha queda -0,24%, Paris queda -0,34%. Milão em alta de +0,43% e o Reino Unido em queda de -0,57%.

Além disso, o mercado aguarda definições sobre um novo pacote de estímulos à economia. Aguardam também a fala de Jerome Powell às 11h e os números semanais de auxílio desemprego nos EUA às 9h30.

Cenário econômico no Brasil

Na agenda econômica brasileira, o Banco Central divulgou o Relatório Trimestral de Inflação e o presidente do Bacen, Roberto Campos, vai participar de uma coletiva às 11h sobre o tema. O BC elevou a previsão para o PIB, que passou de queda de 6,4% em 2020 para baixa de 5%, vendo crescimento de 3,9% no próximo ano.

No cenário corporativo, o banco de investimento BR Partners cancelou sua Oferta Pública Inicial, que seria precificada nesta quarta-feira, devido à instabilidade do mercado. De acordo com comunicado em seu site, o cenário atual impediu a precificação de suas ações no valor esperado.

O BNDESPar, braço de participações do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, solicitou à JBS convocação de assembleia geral extraordinária (AGE), com prazo de oito dias contados a partir de 21 de setembro, para deliberar sobre acordo de leniência do frigorífico com o poder público e de delação premiada envolvendo controladores e executivos da companhia.

A empresa CVC informou que está avaliando alternativas de captação ou rolagem de dívida com os credores. De um total de endividamento de aproximadamente R$ 2 bilhões, R$ 600 milhões vencem em novembro de 2020. Em comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a empresa informou que tem caixa de R$ 1,5 bilhão e segue preparada para a retomada integral de suas operações.

Relacionados:

► Presidente da Itaúsa diz que holding pode anunciar investimentos em setores diversificados► Com pressão de alimentos, prévia da inflação de setembro tem maior alta para o mês desde 2012

Leia mais: