clique para ir para a página principal

Santos Brasil precifica ações a R$ 4,10 e arrecada R$ 790 milhões com follow-on

Atualizado em -

Santos Brasil precifica ações a R$ 4,10 e arrecada R$ 790 milhões com follow-on Foto: Ana Paula Paiva/Valor
► BID e BNDES liberam R$ 5 bilhões para dar crédito a mais de 11 mil empresas► Pedidos de seguro-desemprego caem na primeira metade de setembro

A Santos Brasil (STBP3) informou nesta sexta-feira (25) que levantou R$ 790 milhões com uma oferta subsequente de ações (“follow-on”). A empresa emitiu 192,68 milhões ações ordinárias, por R$ 4,10 a unidade. Os novos papéis passarão a ser negociados na B3 na segunda-feira (28).

Em razão do aumento do capital social no âmbito da oferta restrita, o novo capital social da companhia passará a ser de R$1.871.895.424,12, dividido em 862.478.378 ações ordinárias, todas nominativas, escriturais e sem valor nominal.

A operação foi coordenada pelo BTG Pactual, Morgan Stanley, XP Investimentos e Goldman Sachs.

"A intenção da Companhia é utilizar os recursos líquidos obtidos com a Oferta Restrita para, prioritariamente, participar em novos arrendamentos de ativos portuários; verticalizar e integrar a cadeia logística portuária a partir da plataforma da Santos Brasil Logística (SBLog); ampliar e consolidar a participação na movimentação brasileira de contêineres; e fins corporativos diversos", disse em comunicado.

Às 15h26, as ações da companhia caiam 2,76% a R$ 4,22.

Resultados

Em agosto, a Santos Brasil revelou que teve prejuízo de R$ 9,4 milhões no segundo trimestre de 2020, revertendo lucro de 6,3 milhões em igual período do ano passado.

De acordo com a companhia, o desempenho foi impactado negativamente pela desaceleração da atividade industrial e do consumo no mercado doméstico, reflexo da pandemia do novo coronavírus.

Relacionados:

► BID e BNDES liberam R$ 5 bilhões para dar crédito a mais de 11 mil empresas► Pedidos de seguro-desemprego caem na primeira metade de setembro

Leia mais: