clique para ir para a página principal

Ibovespa encerra em queda de 2,41% após governo anunciar o programa Renda Cidadã

Atualizado em -

Ibovespa encerra em queda de 2,41% após governo anunciar o programa Renda Cidadã Foto: nappy/Pexels
► Teste com vacina da J&J aponta produção de anticorpos contra a Covid-19 em 98% dos pacientes► Demanda de empresas por crédito cai; contratações para vagas temporárias crescem

O índice brasileiro encerrou o dia em queda de -2,41% aos 94.666 pontos na contramão das bolsas do exterior, após o governo anunciar o programa Renda Cidadã. O ministro da Economia, disse que o Brasil é um país que precisa criar emprego em massa e sinalizou que a decisão sobre bancar a desoneração da folha de pagamentos ainda não foi tomada. Além disso, o mercado esperava que já houvesse consenso para entregar a segunda parte da reforma tributária.

Com a proposta de financiamento para o programa Renda Cidadã, a solução foi restringir o que é destinado ao pagamento de precatórios por parte da União. A ideia é estabelecer um limite de 2% das receitas correntes líquidas para pagar precatórios e agregar o restante ao montante já previsto para o Bolsa Família.

No exterior as bolsas europeias avançam puxadas por bancos, que se recuperam depois de desabarem na semana passada em meio ao escândalo revelado por consórcio internacional de jornalistas de que estariam negligenciando práticas de prevenção à lavagem de dinheiro e permitiram a transferência de U$ 2 trilhões de origens suspeitas.

O exterior se anima ainda com os sinais de aceleração da retomada da economia chinesa, com crescimento nos lucros das empresas industriais.

Nos EUA, o destaque fica para as empresas de alta tecnologia, que registram mais um dia de alta após as recentes quedas. Os investidores também monitoram as negociações entre democratas e republicanos para o pacote de estímulos contra os impactos econômicos. Um relatório do jornal The New York Times aponta que Donald Trump, pagou apenas U$ 750 em imposto de renda nos EUA entre 2016 e 2017.

Enquanto isso, o dólar comercial registra alta de +1,48% a R$ 5,635 na compra e a R$ 5,636 na venda.

Maiores altas

  • Embraer (EMBR3) +4,90% R$ 6,42
  • Santander (SANB11) +1,73% R$ 27,67
  • IRB (IRBR3) +0,42% R$ 7,20

Maiores baixas

  • Notre Dame Intermédica (GNDI3) -5,70% R$ 63,82
  • Minerva (BEEF3) -5,61% R$ 11,28
  • Ultrapar (UGPA3) -5,48% R$ 20,02

Relacionados:

► Teste com vacina da J&J aponta produção de anticorpos contra a Covid-19 em 98% dos pacientes► Demanda de empresas por crédito cai; contratações para vagas temporárias crescem

Leia mais: