clique para ir para a página principal

Bolsonaro rebate críticas e afirma que responsabilidade fiscal e teto de gastos são "trilhos da economia"

Atualizado em -

Bolsonaro rebate críticas e afirma que responsabilidade fiscal e teto de gastos são "trilhos da economia" Foto: Carolina Antunes | PR
► Com promessa de não ultrapassar teto de gastos, governo prepara programa social Renda Cidadã► Márcio Bittar afirma que Renda Cidadã será financiado com recursos do Fundeb e dos precatórios

As críticas do mercado ao novo programa social que o governo federal pretende implantar, batizado de Renda Cidadã, fez o presidente Jair Bolsonaro reagir e defender as ações de sua equipe. Nesta segunda (28), após o anúncio do programa, o Ibovespa fechou em queda e mostrou que o mercado não viu de forma positiva a estratégia do governo de usar recursos do Fundeb e do pagamento de precatórios para bancar o novo auxílio. Especialistas viram a proposta como uma tentativa perigosa do governo que pode ultrapassar o teto de gastos.

Em suas redes sociais, Bolsonaro publicou mensagens nesta terça (29) sobre seu trabalho e defendeu a responsabilidade fiscal e o teto de gastos.

"A responsabilidade fiscal e o respeito ao teto são os trilhos da Economia. Estamos abertos a sugestões juntamente com os líderes partidários", escreveu o presidente no Twitter.

Na mesma publicação, Bolsonaro ainda afirmou que sua crescente popularidade tem incomodado.

"Minha crescente popularidade importuna adversários e grande parte da imprensa, que rotulam qualquer ação minha como eleitoreira. Se nada faço, sou omisso. Se faço, estou pensando em 2022", afirmou.

Também nesta segunda, ao sair do Palácio da Alvorada, Bolsonaro falou sobre a reação do mercado ao Renda Cidadã.

"Pessoal do mercado também, não estou dando recado para vocês. Se o Brasil for mal, todo mundo vai mal. Aquele ditado estamos no mesmo barco é o mais claro do momento. O Brasil é um só. Se começar a dar problema todos sofrem. Pessoal do mercado não vai ter renda também. Vocês vivem disso, de aplicação", disse o presidente, segundo a agência Reuters.

Relacionados:

► Com promessa de não ultrapassar teto de gastos, governo prepara programa social Renda Cidadã► Márcio Bittar afirma que Renda Cidadã será financiado com recursos do Fundeb e dos precatórios

Leia mais: