clique para ir para a página principal

Balança comercial tem superávit de US$ 6,1 bi em setembro

Atualizado em -

Balança comercial tem superávit de US$ 6,1 bi em setembro pixabay
► Guedes afirma que criação de novo fundo colocará a União em rota de implosão fiscal► FGV diz que Indicador de Incerteza da Economia caiu pela quinta vez consecutiva

O Ministério da Economia informou nesta quinta-feira (1) que a balança comercial registrou superávit de US$ 6,164 bilhões em setembro. Em relação ao mesmo período do ano passado, quando o país apresentou superávit de US$ 3,803 bilhões, o aumento foi de 62,1%. Segundo a pasta, esse resultado é o maior saldo comercial para meses de setembro desde o início da série histórica, que tem início em 1989.

Nas exportações, a média por dia útil apresentou recuo de 9,1% em comparação ao mesmo período do ano passado. Em relação às importações, a queda foi de 25,5%. Já as exportações, comparadas as médias de janeiro a setembro deste ano com o mesmo período de 2019, apresentaram queda de 7,0%. Nas importações, o tombo foi de 14,0%.

A indústria extrativa liderou os números positivos, com alta de 9,2% na média diária do mês passado, em comparação com setembro de 2019, totalizando US$ US$ 19,65 milhões.

A agropecuária vem atrás, com alta de US$ 5,38 milhões na média diária, avanço de 3,2% em comparação com setembro do ano anterior. Já a indústria extrativa registrou queda de 18,7%, com saldo negativo em US$ 108 milhões.

O saldo acumulado de janeiro a setembro foi positivo em US$ 42,4 bilhões, aumento de 18,6% sobre o mesmo período de 2019. As exportações somaram US$ 156,8 bilhões (-7%) e as importações somaram US$ 114,3 bilhões (-14%), levando em consideração a média diária.

Relacionados:

► Guedes afirma que criação de novo fundo colocará a União em rota de implosão fiscal► FGV diz que Indicador de Incerteza da Economia caiu pela quinta vez consecutiva

Leia mais: