clique para ir para a página principal

Coca-Cola transfere comando da América Latina da Argentina para o Brasil

Atualizado em -

Coca-Cola transfere comando da América Latina da Argentina para o Brasil Foto: alleksana/Pexels
► Banco do Brasil e UBS fecham parceria para sociedade em banco de investimentos e corretora► Natura & Co fará oferta global de ações para levantar mais de R$6 bilhões

A Coca-Cola anunciou nesta quinta-feira (01), que irá fazer a transferência da sua sede regional latino-americana da Argentina para o Brasil. Há duas semanas, a empresa reestruturou o comando na América Latina e Henrique Braun, presidente da Coca-Cola Brasil, vai comandar a operação da empresa em toda região.

"Na América Latina, a reorganização contempla a criação de três novas zonas geográficas que trabalharão em estreita colaboração com as equipes de liderança globais. A Argentina se integrará na nova estrutura para o sul da região, que inclui também Brasil, Paraguai, Uruguai, Chile e Bolívia", informou, em nota, a Coca-Cola.

Segundo a empresa, a reorganização faz parte de um projeto em nível mundial e não afeta a produção, embalagem ou distribuição no país.

Crise na Argentina

A Argentina vive um momento de crise e deterioração dos fundamentos locais, o que fez com que algumas empresas deixassem o país ou fossem vendidas para compradores nacionais.

Em julho deste ano, três empresas do setor automotivo anunciaram o fechamento de fábricas no país e a migração das operações para o Brasil, a Basf, Axalta e Saint-Gobain Sekurit. A rede de lojas de departamento chilena Falabella e o aplicativo de delivery Glovo também deixarão o país.

Relacionados:

► Banco do Brasil e UBS fecham parceria para sociedade em banco de investimentos e corretora► Natura & Co fará oferta global de ações para levantar mais de R$6 bilhões

Leia mais: