clique para ir para a página principal

Ibovespa encerra o dia em queda de 1,53% em meio às incertezas com a política americana

Atualizado em -

Ibovespa encerra o dia em queda de 1,53% em meio às incertezas com a política americana Foto: Austin Distel/Unsplash
► Linx assina acordo de venda para Stone e marca assembleia geral para o dia 17► Cielo acerta venda de 40,95% da Orizon por R$ 128,9 milhões para a Bradseg

O índice brasileiro encerrou o dia em queda de -1,53% aos 94.015 pontos em meio às incertezas com a política americana com o anúncio de que Trump e a primeira-dama estão infectados pelo coronavírus. A notícia eleva as incertezas em torno das eleições, o presidente que tem 74 anos informou que vai iniciar uma quarentena, um mês antes das eleições.

No Brasil, o ministro do Desenvolvimento Regional teria dito a profissionais do mercado, segundo a Bloomberg, que o governo tentará fazer o Renda Cidadã dentro do Teto de Gastos, mas se não for possível, poderá furar a regra criada em 2016.

Por outro lado, as ações de bancos tiveram leves altas refletindo a edição pelo presidente Bolsonaro da Medida Provisória 1.006, que aumenta de 35% para 40% a margem de crédito consignado de aposentados e pensionistas do INSS durante a pandemia.

Enquanto isso, o dólar comercial registra alta de +0,21% a R$ 5,665 na compra e a R$ 5,666 na venda.

Maiores altas

  • CSN (CSNA3) +1,03% R$ 16,71
  • Santander (SANB11) +0,90% R$ 28,15
  • Bradesco (BBDC4) +0,26% R$ 19,53

Maiores baixas

  • Azul (AZUL4) -5,45% R$ 24,30
  • CVC (CVCB3) -5,28% R$ 14,88
  • Sabesp (SBSP3) -4,44% R$ 45,00

Relacionados:

► Linx assina acordo de venda para Stone e marca assembleia geral para o dia 17► Cielo acerta venda de 40,95% da Orizon por R$ 128,9 milhões para a Bradseg

Leia mais: