clique para ir para a página principal

Banco Central informa que a Poupança teve captação líquida de R$ 13,23 bilhões em setembro

Atualizado em -

Banco Central informa que a Poupança teve captação líquida de R$ 13,23 bilhões em setembro pixabay
► Como a Taxa Selic funciona?► Em projeção mais otimista, FMI reduz expectativa de queda do PIB brasileiro para 2020

O Banco Central (BC) informou nesta terça-feira (06) que os investidores depositaram R$ 13,228 bilhões a mais do que retiraram da caderneta de poupança. Segundo a instituição monetária, a captação líquida é 51% maior que a de setembro do ano passado, quando os brasileiros tinham depositado R$ 8,72 bilhões a mais do que tinham sacado. O resultado é melhor para o mês de setembro desde o início da série histórica do BC, em 1995.

No acumulado do ano, o ingresso líquido de recursos na poupança chegou a R$ 137,211 bilhões, também recorde para o período. De janeiro a setembro do ano passado, houve saída de R$ 6,063 bilhões.

Desde que o governo começou a pagar o auxílio emergencial a trabalhadores informais e desempregados, em abril, a poupança tem alcançado recordes na captação (esse é o sétimo mês seguido em que a poupança registrou mais depósitos do que saques). Um dos motivos para explicar o fato é porque parte desses benefícios está sendo paga em contas poupança.

Com rendimento de 70% da taxa básica de juros (Selic), a caderneta atraiu mais recursos mesmo com os juros básicos em queda. Com as recentes reduções na taxa Selic, o investimento está rendendo igual ou menos que a inflação.

No fim de agosto, ao falar dos riscos prudenciais, o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, chamou a atenção para essa migração "muito grande" de fundos de renda fixa para poupança. Segundo ele, com a Selic na mínima histórica, qualquer fundo de renda fixa que cobre uma taxa de administração maior que 0,5% renderá menos que a tradicional caderneta.

Relacionados:

► Como a Taxa Selic funciona?► Em projeção mais otimista, FMI reduz expectativa de queda do PIB brasileiro para 2020

Leia mais: