clique para ir para a página principal

Restaurantes puxam alta e setor de serviços avança 2,9% de julho para agosto

Atualizado em -

Restaurantes puxam alta e setor de serviços avança 2,9% de julho para agosto Foto: Danielle Rice | Unsplash
► TIM passa a operar com novo código na B3 e na NYSE► Banco Central informa que alcançou 30 milhões de "chaves" de identificação para uso do PIX

O Ibovespa iniciou a semana em alta, variação +1,05%, cotado a 98.503 pontos, impulsionado pelo movimento dos ADRs durante o feriado no Brasil.

Na manhã de hoje, os mercados globais operam próximo da estabilidade (S&P 500 futuro -0,02% e Europa -0,09%) enquanto são aguardados os resultados corporativos de grandes bancos. O Goldman Sachs já divulgou um aumento de 94% no lucro trimestral, impulsionado por uma menor provisão para perda com crédito.

Além disso, nos EUA, a presidente da Câmara, Nancy Pelosi, rejeitou uma oferta da Casa Branca para um pacote de estímulo à economia, que considerou ser insuficiente e preocupante pelo fato de não haver um plano estratégico para lidar com o vírus.

Volume de serviços avança

Na agenda econômica, o IBGE informou que o volume de serviços subiu 2,9% em agosto ante o mês de julho, segundo os dados da Pesquisa Mensal de Serviços. Na comparação com agosto de 2019, a queda foi de 10% e no acumulado do ano a queda é de 9%. O IBGE aponta que, em agosto, houve alta em quatro das cinco atividades pesquisadas. O grande destaque ficou com o setor de serviços prestados às famílias, que cresceu 33,3%, impulsionados pelos restaurantes e hotéis. Apesar da alta, os níveis ainda estão distantes do que era registrado antes da pandemia.

“Passados os meses mais críticos da pandemia, em março e abril, a atividade de serviços prestados às famílias registrou as três maiores taxas de toda série histórica: 33,3% em agosto, 14,4% em junho, e 13,8% em maio. Mas mesmo com esses recordes, ainda está muito distante de recuperar as perdas de março e abril, tamanha a queda. Para que os serviços prestados às famílias voltem ao patamar de fevereiro, ainda precisam crescer 72,2%”, afirma o gerente da pesquisa, Rodrigo Lobo.

Na análise por regiões, 21 das 27 unidades da federação tiveram expansão no volume de serviços em agosto frente a julho, acompanhando o avanço observado nacionalmente.

Corporativo

No cenário corporativo, a Petrobras anunciou que precificou uma nova emissão de títulos no valor de US$ 1 bilhão, que será por meio de global notes a 5,6% com vencimento para 2031. Os recursos da operação serão utilizados para pagamentos em uma oferta de recompra de títulos anunciada na véspera.

Entre as commodities, os contratos futuros do minério de ferro fecharam em baixa de 2,4% em Dalian, enquanto o petróleo Brent opera em alta de 0,92%, cotado a US$ 42,84.

Relacionados:

► TIM passa a operar com novo código na B3 e na NYSE► Banco Central informa que alcançou 30 milhões de "chaves" de identificação para uso do PIX

Leia mais: