clique para ir para a página principal

Havan desiste oficialmente de IPO

Atualizado em -

Havan desiste oficialmente de IPO Divulgação | Internet
► Localiza registra lucro de R$ 325,5 milhões no 3T20► Financiamentos imobiliários atingem recorde histórico de R$ 12,9 bi em setembro

Dois meses depois de protocolar seu pedido de registro e o prospecto preliminar de sua oferta inicial de ações (IPO) na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a varejista Havan desistiu da operação.

A desistência teria sido formalizada na segunda-feira (26) e aconteceu, entre outros motivos, por sugestão dos bancos que ficariam responsáveis pela coordenação da operação. Apesar das expectativas com a entrada da Havan na lista de empresas da B3, o interesse de mercado foi menor do que o esperado para alcançar o valor da empresa numa faixa entre R$70 bilhões e R$100 bilhões. A alta volatilidade do mercado e as incertezas a respeito da economia do país fizeram Luciano Hang, dono da Havan, frear seus planos de entrar na bolsa brasileira.

Como o M1M mostrou aqui, o pedido de registro na CVM foi protocolado no fim de agosto. No início de outubro, a Havan pediu a suspensão da oferta inicial de ações. Agora, desistiu oficialmente da operação.

Relacionados:

► Localiza registra lucro de R$ 325,5 milhões no 3T20► Financiamentos imobiliários atingem recorde histórico de R$ 12,9 bi em setembro

Leia mais: