clique para ir para a página principal

Vale e Multiplan apresentam lucro no 3t20; Bradesco tem resultado acima do esperado

Atualizado em -

Vale e Multiplan apresentam lucro no 3t20; Bradesco tem resultado acima do esperado Divulgação Vale
► Selic não sofre alterações e Copom decide manter taxa a 2% ao ano► Anvisa autoriza a importação de insumo para CoronaVac; Doria agradece

A mineradora Vale (VALE3) divulgou nesta quarta-feira (28) que teve lucro de US$ 2,9 bilhões no terceiro trimestre deste ano, aumento de 76% ante o registrado no mesmo período do ano passado. O resultado, porém, veio abaixo das projeção da Refinitiv (empresa de dados do mercado financeiro), de US$ 3,76 bilhões.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação) ajustado somou US$ 6,1 bilhões, contra US$ 4,6 bilhões no mesmo período do ano passado.

"O melhor resultado deveu-se principalmente ao maior Ebitda no trimestre e das provisões referentes a despesas futuras com a Samarco e Fundação Renova que foram registrados no 2T20. Os efeitos positivos foram parcialmente compensados por maiores despesas financeiras, principalmente devido a maior marcação a mercado das debêntures participativas e a reavaliação do valor justo das garantias financeiras emitidas pela Vale a coligadas", disse em comunicado.

Os investimentos no 3T20 totalizaram US$ 895 milhões, consistindo em US$ 110 milhões em execução de projetos e US$ 785 milhões em manutenção das operações.

Bradesco

O Bradesco (BBDC4) registrou lucro líquido de R$ 5,031 bilhões no terceiro trimestre. O resultado ainda é 23,1% menor que o do mesmo período de 2019, mas representa um avanço de 29,9% no trimestre e ficou acima da projeção média dos analistas, que apontava para um lucro de R$ 4,513 bilhões.

O banco reservou R$ 5,588 bilhões para créditos de liquidação duvidosa, alta de 67,5% ano a ano, mas queda de 37,1% em relação ao trimestre anterior.

“É um balanço com os primeiros sinais de reencontro com a normalidade, depois dos impactos da paralisação econômica com a pandemia”, afirmou o presidente-executivo do Bradesco, Octavio de Lazari, no relatório.

Entre julho e setembro, as despesas com provisões realizadas pelo banco para perdas com inadimplência em operações de crédito somaram R$ 5,588 bilhões, alta de 67,5% na comparação com terceiro trimestre de 2019 (R$ 3,336 bilhões), mas apresentaram redução de 37,1% ante os três meses anteriores (R$ 8,89 bilhões).

O Bradesco reservou R$ 2,6 bilhões em provisões extraordinárias ligadas a perdas potenciais decorrentes da crise do coronavírus.

Como o banco concedeu prazos de carência de até 180 dias para ajudar os clientes a enfrentar a crise econômica decorrente da pandemia do coronavírus, seu índice de inadimplência em 90 dias caiu 0,7 ponto percentual para 2,3%. O banco disse que concedeu carência a R$ 73 bilhões em empréstimos.

A carteira de crédito cresceu 0,5% no trimestre, principalmente com maiores empréstimos ao consumidor, mesmo com o país em recessão e o desemprego no maior nível em oito anos.

O Bradesco também implementou cortes de custos, que caíram 5,7% ano a ano, embora tenham crescido na medição sequencial. O banco fechou 372 agências no trimestre.

Multiplan

O lucro líquido da Mutiplan (MULT3) mais do que triplicou no 3t20. O montante atingido foi de R$ 568,7 milhões, o que corresponde a um salto de 368% em relação ao mesmo intervalo de 2019. Trata-se do maior valor da história da companhia.

Já a receita líquida avançou 211% no comparativo anual, passando de R$ 328,6 milhões para R$ 1 bilhão.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação) cresceu quase 200% e totalizou R$ 703,8 milhões.

Relacionados:

► Selic não sofre alterações e Copom decide manter taxa a 2% ao ano► Anvisa autoriza a importação de insumo para CoronaVac; Doria agradece

Leia mais: