clique para ir para a página principal

Após registrar prejuízo de R$105,9 milhões, Burger King estuda oferta de ações para transformação digital

Atualizado em -

Após registrar prejuízo de R$105,9 milhões, Burger King estuda oferta de ações para transformação digital Divulgação | Burger King
► O que é uma IPO e como posso avaliar uma oportunidade?► IPCA de outubro sobe 0,86%, segundo IBGE

O Burger King Brasil (BKBR3) anunciou nesta sexta-feira (06) que pretende fazer uma oferta pública de ações para captar recursos que serão usados para acelerar iniciativas de transformação digital, para retomar o plano de crescimento dos restaurantes e para remodelar os restaurantes já existentes.

Em Fato Relevante divulgado ao mercado, a empresa aponta que está avaliando a viabilidade da operação com a assessoria do Banco Itaú BBA e do Banco Santander.

“A efetiva realização da oferta está sujeita, entre outros fatores, à obtenção das aprovações societárias necessárias e a condições favoráveis de mercado”, informa o Burger King Brasil.

O anúncio acontece após a divulgação dos resultados do 3º trimestre, período no qual a empresa teve prejuízo de R$105,9 milhões, revertendo o lucro líquido de R$ 5,4 milhões apresentado no 3º trimestre de 2019.

Em relação à receita operacional, a empresa informou que o valor alcançado no 3º trimestre foi de R$522,3 milhões, queda de 27,8% quando comparado com o mesmo período do ano anterior.

“No mês de julho aproximadamente 40% das nossas operações encontravam-se fechadas em razão do Covid, com uma queda de vendas de cerca de 45% versus o ano anterior. Contudo, com a flexibilização das medidas restritivas, passamos a ver uma rápida recuperação no tráfego dos shoppings, onde concentramos mais de 60% de nossas operações”, aponta o relatório de resultados.

Durante o trimestre, houve fechamento líquido de 9 lojas, sendo 11 aberturas (entre lojas e franquias do Burger King e do Popeyes) e 20 fechamentos.

As vendas digitais (delivery, totem e BK Express) representaram 22,7% da receita no trimestre, correspondente ao valor de R$ 136,3 milhões

O Ebitda ajustado saiu do saldo positivo de R$ 115 milhões no 3º trimestre de 2019 e atingiu o montante negativo de R$ 11,4 milhões entre julho e setembro deste ano.

Relacionados:

► O que é uma IPO e como posso avaliar uma oportunidade?► IPCA de outubro sobe 0,86%, segundo IBGE

Leia mais: