clique para ir para a página principal

Presidente da Caixa diz que o banco deve encerrar ano com mais de R$ 120 bilhões em crédito imobiliário

Atualizado em -

Presidente da Caixa diz que o banco deve encerrar ano com mais de R$ 120 bilhões em crédito imobiliário Marcello Casal Jr/Agência Brasil
► Alcolumbre comemora derrubada de veto à desoneração► CNC afirma que o endividamento dos brasileiros caiu pela segunda vez consecutiva

Em evento virtual promovido pela Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip), o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, disse nesta quinta-feira (5) que as operações para crédito imobiliário da instituição devem superar os R$ 120 bilhões em 2020.

"É uma coisa que nunca aconteceu, lembrando que a gente parou a Caixa Econômica Federal em abril e maio para o Auxílio Emergencial", destacou.

Pedro Guimarães afirmou ainda que a Caixa planeja no ano que vem uma operação de securitização de R$ 1 bilhão em credito imobiliário lastrado no IPCA.

"Hoje entendemos muito bem essas carteiras, elas já têm mais de um ano. Quando nós fizermos essa venda por IPCA, daremos uma ajuda grande para o mercado porque outras empresas e bancos poderão também ter esse tipo de operação", pontuou.

Caixa Tem

Ontem, o presidente Jair Bolsonaro participou de cerimônia alusiva à marca de 100 milhões de poupanças sociais digitais Caixa. Também participaram do evento o ministro da Economia, Paulo Guedes, e o presidente da Caixa, Pedro Guimarães.

A conta de poupança social digital permite que as pessoas recebam o auxílio emergencial e outros benefícios sociais e previdenciários sem pagar qualquer tarifa de manutenção. Essas contas têm um limite de movimentação de até R$ 5 mil por mês.

No fim de outubro, Paulo Guedes disse que o governo pretende pedir registro para oferta pública inicial de ações (IPO, da sigla em inglês) do braço digital da Caixa Econômica Federal. Para mais informações, clique aqui.

"O Brasil é uma democracia digital. Na pandemia digitalizamos 64 milhões de pessoas. Quanto vale um banco que tem 64 milhões de pessoas que foram bancarizadas pela primeira vez e serão leais pelo resto da vida? Estamos planejando um IPO deste banco digital nos próximos seis meses", disse na época.

Relacionados:

► Alcolumbre comemora derrubada de veto à desoneração► CNC afirma que o endividamento dos brasileiros caiu pela segunda vez consecutiva

Leia mais: