clique para ir para a página principal

Com estreia na B3, Rede D’Or pode levantar R$ 12,6 bi e superar os R$ 100 bi em valor de mercado

Atualizado em -

Com estreia na B3, Rede D’Or pode levantar R$ 12,6 bi e superar os R$ 100 bi em valor de mercado Rede D`Or | Divulgação
► Alphaville interrompe pedido de IPO em decorrência de mercado desfavorável► Natura&Co lucra R$ 377,7 milhões no 3t20; IPOs elevam lucro da Cyrela para mais de R$ 1 bi

O grupo hospitalar fluminense Rede D’Or lançou ontem sua oferta pública de ações. O prospecto na CVM indica faixa de preço das ações entre R$ 48,91 e R$ 64,35, o que implica num valor de mercado para a companhia entre R$ 97 bilhões e R$ 112,4 bilhões. Confirmados os valores, a empresa passa a integrar a seleta lista de empresas com valor de mercado acima dos R$ 100 bilhões, ao lado de Petrobras, Vale, Bradesco, Itaú, Santander, Ambev, Magazine Luíza, B3 e Weg.

Considerando o preço médio da faixa, a D`Or pode levanta R$ 8,25 bilhões na oferta base. No cenário mais otimista, considerando o teto do preço e a alocação de lotes adicional e suplementar, a oferta pode movimentar R$ 12,66 bilhões e a companhia chegar a um valor de mercado de R$ 127,77 bilhões. Com essa captação, o IPO da D’Or ficaria atrás apenas da listagem do Santander Brasil, em 2009, que movimentou R$ 13,2 bilhões.

O grupo hospitalar será o primeiro do seu segmento na Bolsa. Estará ao lado de outras operadoras de saúde, como Hapvida, NotreDame Intermédica e SulAmérica. O caixa levantado com a oferta será usado para arcar com os custos da construção de novos hospitais ou expansão das unidades existentes e para aquisição de novos ativos.

História

A Rede D`Or foi fundada no Rio em 1977 pelo neurocientista Jorge Moll Filho como uma empresa de exames laboratoriais. A empresa se consolidou nos anos 80 e expandiu suas operações ao longo dos anos 90. A partir dos anos 2000, Moll se tornou o dono da maior rede independente de hospitais privados do país.

O BTG Pactual se tornou sócio do negócio em 2010, comprando debêntures conversíveis em ações do grupo.

Relacionados:

► Alphaville interrompe pedido de IPO em decorrência de mercado desfavorável► Natura&Co lucra R$ 377,7 milhões no 3t20; IPOs elevam lucro da Cyrela para mais de R$ 1 bi

Leia mais: