clique para ir para a página principal

Câmara aprova medida que destina R$1,99 bilhão para vacina de Oxford contra a Covid-19

Atualizado em -

Câmara aprova medida que destina R$1,99 bilhão para vacina de Oxford contra a Covid-19 IStock | Getty Images
► Governo apresenta plano preliminar de vacinação contra a Covid-19► Bandeira vermelha terá impacto no IPCA; reservatórios estão em níveis de 2014

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (02) a Medida Provisória (MP) que abre crédito extraordinário de R$1,995 bilhão para pagar a compra da tecnologia e custear a produção da vacina de Oxford contra o novo coronavírus. Após a aprovação do texto pelos deputados, o texto segue para análise e aprovação do Senado.

A quantia será usada para custear o contrato entre a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), vinculada ao Ministério da Saúde, e o laboratório AstraZeneca. Segundo a MP aprovada, o valor disponibilizado virá da emissão de títulos públicos (operações de crédito). Do total previsto, R$ 1,3 bilhão será usado para a encomenda tecnológica. A unidade da FioCruz que produz as vacinas, a Bio-Manguinhos, receberá investimentos de R$ 522 milhões.

Se a eficácia da vacina de Oxford for comprovada, o Brasil pretende produzir 100 milhões de doses que serão aplicadas até o fim do primeiro semestre de 2021. No momento, a vacina está em fase de testes.

Como o Mercado1Minuto mostrou aqui, o Ministério da Saúde apresentou plano preliminar de vacinação contra a Covid-19 e prevê quatro etapas que vão imunizar cerca de 109,5 milhões de pessoas. A proposta ainda não é definitiva e só deve ser confirmada quando uma das vacinas em teste for aprovada pela Anvisa.

Relacionados:

► Governo apresenta plano preliminar de vacinação contra a Covid-19► Bandeira vermelha terá impacto no IPCA; reservatórios estão em níveis de 2014

Leia mais: