clique para ir para a página principal

Chinesa Huawei deve participar do leilão 5G no Brasil

Atualizado em -

Chinesa Huawei deve participar do leilão 5G no Brasil Pixabay
► Huawei pede que decisão sobre 5G "seja técnica e não discriminatória" em reunião com Paulo Guedes► 5G é rede trilionária de disputas, revolução tecnológica e oportunidades

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) teria finalizado as regras do edital do leilão 5G sem restrições à participação da chinesa Huawei. A previsão é de que o leilão aconteça ainda no primeiro semestre de 2021.

O documento, ao qual a Folha de S.Paulo informa ter tido acesso, define as regras do 5G como se não houvesse qualquer outra chance de restrição a fabricantes. O governo brasileiro demonstrou alinhamento com a postura do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que está em fim de mandato, e que trabalha para impedir a participação da empresa chinesa na tecnologia 5G.

Além da derrota de Trump, outro ponto que pesa ‘a favor’ da Hauwei é que a companhia já detém uma parte dos equipamentos 3G e 4G, responsáveis pela atual cobertura no Brasil, e que não seriam compatíveis com equipamentos 5G de outro fabricante. Isso obrigaria às teles um alto investimento para substituição dos equipamentos e que poderia motivar inclusive um pedido de indenização ao governo.

No Planalto, o ministro Augusto Heleno (GSI) e o chanceler Ernesto Araújo já se manifestaram a favor do banimento da Hauwei. No mês passado, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) acusou o partido chinês de espionagem ao defender a adesão do Brasil ao Clena Network, movimento capitaneado por Trumo para tentar banir a empresa chinesa. A declaração do deputado, que também preside a Comissão de Relações Exteriores da Câmara, motivou um forte repúdio da embaixada da China no Brasil, como mostramos aqui.

Testes

Hoje a Claro e a Huawei lançam uma rede 5G em caráter experimental no município de Rio Verde (GO). A rede, de baixa frequência e alta capacidade de transmissão de dados, será testada para aplicação no agronegócio, com sistemas fechados e de inteligência artificial que ajuda a medir a qualidade do solo, desenvolvimento da lavoura e acompanhamento de dados sazonais, como temperatura e chuva.

Relacionados:

► Huawei pede que decisão sobre 5G "seja técnica e não discriminatória" em reunião com Paulo Guedes► 5G é rede trilionária de disputas, revolução tecnológica e oportunidades

Leia mais: