clique para ir para a página principal

Como se preparar para a prova da Ancord?

Atualizado em -

Como se preparar para a prova da Ancord? Pixabay
► XP tem lucro de R$ 570 milhões no 3t20; valor é mais que o dobro em relação ao ano passado► VLG Investimentos contrata ex-executivo do Banco Safra e da XP para alavancar expansão pelo país

Para atuar na distribuição de aplicações financeiras, o agente autônomo de investimentos precisa passar por uma prova organizada pela Ancord (Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários, Câmbio e Mercadorias).

A Ancord é responsável por agrupar e representar as empresas atuantes do mercado de capitais e financeiro frente ao governo e aos órgãos reguladores. Ela também é a única autorizada no Brasil a certificar AAIs (Agentes Autônomos de Investimentos) juntamente a CVM (Comissão de Valores Imobiliários).

Essa prova de certificação tem como objetivo verificar a qualificação técnica dos interessados no exercício da profissão. Os exames são aplicados pela FGV (Fundação Getúlio Vargas).

O assessor de investimentos

O assessor de investimentos atua como um intermediário entre os investidores e os analistas de investimentos das corretoras.

Suas funções incluem: apresentar e orientar os clientes sobre o mercado financeiro, receber ordens e transmiti-las ao sistema de negociação das corretoras, além de esclarecer dúvidas.

Em setembro de 2019, a categoria contava com 8,8 mil profissionais registrados.

Quem pode atuar como AAI?

Qualquer pessoa que for aprovada no exame com acerto acima de 70%.

Para realizar a inscrição, o candidato deve:

  • Ter concluído o ensino médio ou equivalente em instituição reconhecida oficialmente;
  • Conhecer, atender e estar de acordo com as exigências contidas no Regulamento.
  • Não haver sido condenado por crime falimentar, de prevaricação, suborno, concussão, peculato, “lavagem” de dinheiro ou ocultação de bens, direitos e valores, contra a economia popular, a ordem econômica, as relações de consumo, a fé pública ou a propriedade pública, o sistema financeiro nacional, ou a pena criminal que vede, ainda que temporariamente, o acesso a cargos públicos, por decisão transitada em julgado, ressalvada.

Como me preparo para a prova?

O Exame de Certificação tem duração de 2h30 e consiste em uma Prova de Conhecimentos Específicos, com 80 questões objetivas de múltipla escolha, com 4 alternativas, sendo apenas 1 certa. A prova é realizada de modo eletrônico, nos Centros de Testes, em todo território nacional.

Para aprovação, o candidato deve acertar no mínimo 70% das questões, ou seja, 56 questões do total da prova respeitado o mínimo de 50% (cinquenta por cento) de acertos nos Capítulos 1, 3, 8 e 15.

Conteúdo da prova

  • Capítulo 1: A Atividade do Agente Autônomo de Investimento (12 questões)
  • Capítulo 3: Lei nº 9.613/98; Circular BACEN 3461/09; 3654/13; Instrução CVM nº 301/99 (4 questões)
  • Capítulo 4: Economia (2 questões)
  • Capítulo 5: Sistema Financeiro Internacional (3 questões)
  • Capítulo 6: Instituições e Intermediadores financeiros (3 questões)
  • Capítulo 7: Administração de Risco (4 questões, não há mínimo de acertos)
  • Capítulo 8: Mercado de Capitais, Produtos, Modalidades Operacionais, Liquidação (20 questões)
  • Capítulo 9: Fundos de Investimentos (4 questões)
  • Capítulo 10: Outros Fundos de Investimento Regulados pela CVM (2 questões)
  • Capítulo 11: Securitização de Recebíveis (1 questão)
  • Capítulo 12: Clubes de investimentos (2 questões)
  • Capítulo 13: Matemática Financeira – conceitos básicos (4 questões)
  • Capítulo 14: Mercado Financeiro – outros produtos não classificados como valores mobiliários, modalidades, operacionais, liquidação (7 questões)
  • Capítulo 15: Mercados Derivativos, Produtos, Modalidades Operacionais, Liquidação (12 questões)

OBS: O capítulo 2 foi excluído do exame.

No regulamento disponibilizado pela Ancord, há guias para estudos de parte do conteúdo programático.

A realização dos exames

As inscrições são realizadas na internet através do site da Ancord. Neste portal, ele deve preencher o formulário de inscrição e pagar a taxa de inscrição.

Após o pagamento da inscrição, o candidato tem 60 dias para agendar a data do exame.

No dia do exame, o candidato deverá levar documento original oficial com foto atualizada e CPF, além da senha utilizada para acessar o sistema de agendamento, que será utilizada para abrir a prova juntamente com o número do CPF.

É permitido o uso de calculadora financeira não alfanumérica. Não é necessário levar caneta, lápis ou borracha.

Quais são os custos?

São dois custos: um para realizar o processo e um para o credenciamento junto à CVM.

Prova

O valor da taxa de inscrição é de R$460,00 e o pagamento deve ser feito em até 10 dias úteis após a emissão do boleto.

Lembrando que não é possível pedir devolução do valor pago pela inscrição.

Credenciamento

O segundo custo é uma taxa trimestral, ou seja, a cada 3 meses, cobrada pela CVM para exercer a profissão. Para pessoas físicas, ela é de R$ 634,63 e, para pessoas jurídicas, o valor é de R$ 1.269,25.

Como atuo na área?

Após a aprovação no exame, o candidato deve acessar o site da Ancord e solicitar o certificado.

Geralmente os agentes autônomos são sócios de escritórios de investimento que estão afiliados a alguma corretora que disponibiliza a plataforma de aplicações financeiras que poderão ser ofertadas aos clientes.

O prazo de validade do exame técnico de certificação para obtenção do credenciamento junto a ANCORD e consequente registro perante a CVM para o exercício da atividade é de 1 ano, contado a partir da data de divulgação do resultado do exame. Após ser certificado como profissional no mercado, a certificação precisa ser renovada a cada dois anos.

Relacionados:

► XP tem lucro de R$ 570 milhões no 3t20; valor é mais que o dobro em relação ao ano passado► VLG Investimentos contrata ex-executivo do Banco Safra e da XP para alavancar expansão pelo país

Leia mais: