clique para ir para a página principal

Demanda da China por minério de ferro brasileiro cai em novembro; no ano as exportações cresceram

Atualizado em -

Demanda da China por minério de ferro brasileiro cai em novembro; no ano as exportações cresceram Pixabay
► A importância da exportação para a economia brasileira► Mineração fatura R$ 50 bi no trimestre e projeta crescimento no pós-pandemia

Em novembro, as exportações de minério de ferro para a China caíram pelo segundo mês consecutivo. Em novembro, o recuo foi de 8,1%.

No último mês, a China trouxe 98,15 milhões de toneladas de minério de ferro, ante 106,74 milhões de toneladas importadas em outubro. Em relação a novembro do ano passado, o volume é 8,3% maior. Os dados são da Administração Geral das Alfândegas.

De janeiro a novembro, as importações de minério de ferro ficaram em 1,07 bilhão de toneladas, superando as importações de todo 2019, que foi de 1,06 bilhão.

O setor no Brasil segue apostando na alta da demanda asiática, sobretudo em razão da previsão de aumento das obras de urbanização, como mostramos aqui. A China é o principal parceiro comercial do Brasil, tanto em exportação como em importação. De janeiro a setembro deste ano, o país participou de 34,1% das exportações brasileiras e foi responsável por 21,5% das importações feitas pelo Brasil.

Relacionados:

► A importância da exportação para a economia brasileira► Mineração fatura R$ 50 bi no trimestre e projeta crescimento no pós-pandemia

Leia mais: