clique para ir para a página principal

Rede D'Or precifica ação em IPO a R$ 57,92 e pode levantar R$ 11,4 bilhões

Atualizado em -

Rede D'Or precifica ação em IPO a R$ 57,92 e pode levantar R$ 11,4 bilhões Divulgação/Rede D'or
► Simpar anuncia desistência de IPO da Vamos Locação► Reino Unido começa vacinação contra a Covid nesta terça (08); mulher de 90 anos foi primeira a ser vacinada

O grupo de hospitais Rede D'Or (RDOR3) precificou nesta terça-feira (08) sua oferta inicial de ações (IPO) a R$ 57,92 por papel e pode levantar R$ 11,4 bilhões, de acordo com informações divulgadas pela Reuters. A faixa de preço estimada estava entre R$ 48,91 e R$ 64,35 por ação.

A operação, que deve ser um dos maiores IPO já feitos no Brasil, pode levar a fortuna do fundador da companhia, Jorge Moll Filho, a ultrapassar os R$ 40 bilhões. Seu capital era estimado anteriormente em torno de R$ 13,9 bilhões.

A operação precifica o grupo em R$ 112,5 bilhões, valor que coloca a Rede D'or entre as 10 empresas brasileiras com maior valor de mercado listadas na bolsa brasileira, acima do Banco do Brasil. Confirmados os valores, a empresa passa a integrar a seleta lista de empresas com valor de mercado acima dos R$ 100 bilhões, ao lado de Petrobras, Vale, Bradesco, Itaú, Santander, Ambev, Magazine Luíza, B3 e Weg. O início das negociações dos papéis está marcado para quinta-feira (10).

A companhia pretende utilizar os recursos da oferta primária para construção de novos hospitais, expansão de unidades existentes, bem como aquisição de ativos que agreguem know-how ou permitam desenvolver novas linhas de negócios.

A Rede D'or protocolou pedido de IPO à CVM em outubro deste ano, além de ter solicitado também a conversão de registro, da categoria B para a categoria A.

Fundada em 1977 no Rio de Janeiro como Cardiolab, a Rede D’Or São Luiz é a maior rede integrada de cuidados em saúde no Brasil, com presença nos estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Pernambuco, Bahia, Maranhão, Sergipe, Ceará, Paraná, Tocantins e no Distrito Federal. A companhia possui 52 hospitais, mais de 45 clínicas oncológicas, 8,3 mil leitos, 51,3 mil colaboradores e 87 mil médicos credenciados.

Relacionados:

► Simpar anuncia desistência de IPO da Vamos Locação► Reino Unido começa vacinação contra a Covid nesta terça (08); mulher de 90 anos foi primeira a ser vacinada

Leia mais: