clique para ir para a página principal

Airbnb precifica sua ação em US$ 68 e valor da companhia pode chegar a US$ 47 bilhões

Atualizado em -

Airbnb precifica sua ação em US$ 68 e valor da companhia pode chegar a US$ 47 bilhões Reprodução / Airbnb
► Rede D'Or precifica ação em IPO a R$ 57,92 e pode levantar R$ 11,4 bilhões ► Situação fiscal mantém temor no mercado; Ibovespa encerra o dia em queda de 0,70%

Nesta quinta-feira (10), a Airbnb estreia na bolsa americana em uma das ofertas iniciais de ações (IPO) mais esperadas do ano. Vão ser oferecidas cerca de 52 milhões de ações pelo preço de US$ 68 cada. Dessa forma, a empresa deve levantar aproximadamente US$ 3,5 bilhões. Com a venda das ações por esse valor, a companhia será avaliada em US$ 47 bilhões.

Apesar do ano atípico em que o próprio setor da empresa esteve comprometido por causa da pandemia, a oferta de ações do Airbnb era uma das mais esperadas de 2020.

A listagem da companhia faz com que o recorde registrado em IPOs neste ano cresça ainda mais. Em 2020, já foi registrada a captação de mais de US$ 163 bilhões na Nasdaq, segundo levantamento da Bloomberg. Vale ressaltar que outras empresas como a Roblox, produtora de jogos, a financeira Affirm Holdings e a ContextLogic, proprietária do e-commerce Wish, ainda estão na fila para entrar na bolsa norte-americana.

O Airbnb vinha de anos em alta até a chegada da pandemia em março, quando ocorreu uma desaceleração. Logo em abril, as reservas realizadas tiveram baixa superior a 70% e foram gastos mais de US$ 1 bilhão em devoluções, devido a cancelamentos.

Com o momento enfrentado, a companhia teve de demitir funcionários e adotar outras medidas de cortes de custos. Porém, em junho, o cenário começou a melhorar. As pessoas passaram a optar por viagens curtas e por ficar mais tempo nos locais reservados. Isso fez com que, no início de julho, o Airbnb registrasse mais de um milhão de diárias reservadas.

A startup, que foi fundada em 2008 pelo trio Brian Chesky, Joe Gebbia e Nathan Blecharczyk, foi responsável por revolucionar o setor de hotelaria. Através do Airbnb, proprietários podem oferecer imóveis ou até mesmo um quarto, para aluguel por temporadas.

Relacionados:

► Rede D'Or precifica ação em IPO a R$ 57,92 e pode levantar R$ 11,4 bilhões ► Situação fiscal mantém temor no mercado; Ibovespa encerra o dia em queda de 0,70%

Leia mais: