clique para ir para a página principal

B3 é eleita bolsa de valores do ano pelo Global Investor Group pela 2ª vez consecutiva

Atualizado em -

B3 é eleita bolsa de valores do ano pelo Global Investor Group pela 2ª vez consecutiva B3/divulgação
► O que é a B3 e como ela funciona?► Instituições e profissionais de investimentos poderão fazer parte de "cadastro positivo" da Anbima

A B3 foi eleita, pelo segundo ano consecutivo, a Bolsa de Valores Global do Ano pelo FOW Awards 2020, premiação organizada há 11 anos pela revista Futures and Options World (FOW), editada pelo Global Investor Group, principal grupo de comunicação especializado na cobertura do mercado de capitais e derivativos do Reino Unido.

No ano passado, a B3 também foi escolhida como a bolsa de valores do ano pela premiação, feito até então inédito para uma bolsa de valores da América Latina. Todos os anos, são premiadas as melhores e mais inovadoras bolsas das Américas, Europa, Ásia, África e Oceania.

“A B3 voltou a se destacar entre as bolsas internacionais por diversos motivos. A bolsa de valores brasileira tem apresentado um desempenho consistente em termos de inovação de produto e desenvolvimento de tecnologia, mas o principal indicador foi o aumento substancial do volume no início do ano, que superou todas as outras bolsas importantes e destacou o fato de que a B3 é o mercado internacional mais relevante em 2020 ”, diz a FOW em seu relatório.

Para a escolha dos vencedores em cada categoria, a equipe editorial da FOW elabora uma lista restrita, que é submetida para a avaliação de um painel de especialistas de diversos setores do mercado financeiro e de capitais. Cada juiz classifica os concorrentes em critérios técnicos e objetivos, e os resultados são ponderados. Para garantir a integridade do processo de premiação, nenhum membro editorial da FOW ou do Global Investor Group participa do processo de avaliação.

Relacionados:

► O que é a B3 e como ela funciona?► Instituições e profissionais de investimentos poderão fazer parte de "cadastro positivo" da Anbima

Leia mais: