clique para ir para a página principal

TIM, Vivo e Claro arrematam rede móvel da Oi por R$ 16,5 bilhões

Atualizado em -

TIM, Vivo e Claro arrematam rede móvel da Oi por R$ 16,5 bilhões Arquivo/Agência Brasil
► Mudança no perfil dos compradores deixa mercado imobiliário aquecido em meio à alta da inflação► Oi realiza leilão da rede móvel nesta segunda (14)

Em leilão realizado pela 7ª Vara Empresarial do Rio, a TIM (TIMS3), Vivo (VIVT3) e Claro arremataram nesta segunda-feira (14) os ativos da rede móvel da operadora Oi (OIBR3; OIBR4) por R$ 16,5 bilhões. A venda faz parte do plano de recuperação judicial da companhia iniciado em 2018.

Com o arremate, a Oi não estará mais disponível no mercado brasileiro, detendo apenas os ativos de infraestrutura e fibra, que deverão ser parcialmente vendidos no futuro próximo. Com a venda da concorrente, as três empresas vencedoras do leilão aumentarão sua participação no segmento de telefonia do Brasil: A TIM salta de 23% para 32%, a Vivo de 33% para 37% e a Claro de 26% para 29%.

No último mês, a Oi arrecadou R$ 1,4 bilhão através do leilão dos data centers e das torres de telefonia móvel. A Highline do Brasil, do fundo norte-americano Digital Colony, comprou 637 torres pelo lance mínimo de R$ 1,06 bilhão e a Piemnot Holdings arrematou o conjunto de cinco data centers por R$ 325 milhões.

Na última sexta-feira (11), a empresa também anunciou a assinatura do contrato de venda da unidade de data center para a Titan Venture Capital e Investimentos. A companhia vai receber R$ 325 milhões, sendo R$ 250 milhões à vista e os outros R$ 75 milhões parcelados.

Relacionados:

► Mudança no perfil dos compradores deixa mercado imobiliário aquecido em meio à alta da inflação► Oi realiza leilão da rede móvel nesta segunda (14)

Leia mais: