clique para ir para a página principal

Ibovespa encerrou em queda de 0,32% pressionado pela piora no desempenho das bolsas americanas

Atualizado em -

Ibovespa encerrou em queda de 0,32% pressionado pela piora no desempenho das bolsas americanas Pexels
► Comércio encerra 2020 com confiança em queda► Brasil quer exportar 6% mais carne bovina em 2021, afirma Abiec

O índice brasileiro encerrou o dia em queda de -0,32% aos 118.023 pontos, em sessão volátil e pressionado pela piora no desempenho das bolsas americanas e pelo aumento nas tensões entre o presidente da Câmara e o governo.

Lá fora, as negociações entre republicanos e democratas para um pacote de US$ 900 bilhões em estímulos seguem, mas o investidor já está impaciente com a demora em um acordo. O problema é que o fim do ano se aproxima e os frequentes adiamentos em um acordo, que já duram meses, trazem desconfiança.

Aqui no Brasil, Rodrigo Maia chamou Bolsonaro de mentiroso e falou em articulação de “bolsominions” para desmoralizar adversários.

Também no radar, o Supremo Tribunal Federal (STF) formou maioria para a vacinação obrigatória e o ministro Ricardo Lewandowski autorizou estados a importarem vacinas mesmo sem a aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Enquanto isso, o dólar comercial registra alta de +0,08% a R$ 5,0824 na compra e a R$ 5,0829 na venda.

Maiores altas

  • Usiminas (USIM5) +4,96% R$ 14,39
  • CSN (CSNA3) +3,33% R$ 30,40
  • Suzano (SUZB3) +2,68% R$ 56,43

Maiores baixas

  • Gol (GOLL4) -4,04% R$ 25,15
  • Weg (WEGE3) -3,83% R$ 72,87
  • CVC (CVCB3) -2,60% R$ 20,59

Relacionados:

► Comércio encerra 2020 com confiança em queda► Brasil quer exportar 6% mais carne bovina em 2021, afirma Abiec

Leia mais: