clique para ir para a página principal

Governo de SP abre licitação para consultoria na privatização da elétrica EMAE

Atualizado em -

Governo de SP abre licitação para consultoria na privatização da elétrica EMAE Divulgação/EMAE
► Governo prevê privatização de oito empresas em 2021; Correios e Eletrobras estão inclusas► Energy China assina acordos para construir parque eólico e usina solar no Brasil

O governo de São Paulo abriu licitação para contratar serviços de consultoria para a eventual privatização da elétrica estadual EMAE, segundo publicação no Diário Oficial do Estado e edital disponibilizado nesta terça-feira (22).

O vencedor da concorrência deverá realizar avaliação econômico-financeira da empresa, que opera um parque de hidrelétricas em São Paulo, e ainda se responsabilizar pela modelagem e posterior execução da venda das ações do governo paulista na companhia.

A empresa, fundada em 1998, é responsável por controlar o volume de água do Rio Pinheiros, através da Usina Elevatória de Traição, da Represa de Guarapiranga e da Represa Billings, além da geração de energia elétrica na Usina Hidrelétrica Henry Borden, entre outras usinas paulistas.

O Estado de São Paulo possui quase 40% da Emae, com 100% das ações ordinárias, com direito a voto.

Relacionados:

► Governo prevê privatização de oito empresas em 2021; Correios e Eletrobras estão inclusas► Energy China assina acordos para construir parque eólico e usina solar no Brasil

Leia mais: