clique para ir para a página principal

Contas públicas têm rombo de R$ 18,24 bilhões em novembro, informa Tesouro Nacional

Atualizado em -

Contas públicas têm rombo de R$ 18,24 bilhões em novembro, informa Tesouro Nacional Marcelo Casal Jr/ Agência Brasil
► Com forte impacto da soja, IGP-M varia 0,96% em dezembro; no ano, alta acumulada é de 23,14%► Governo do Rio divulga que leilão de concessão da Cedae está previsto para abril

A Secretaria do Tesouro Nacional divulgou nesta terça-feira (29) que as contas do governo registraram um déficit primário de R$ 18,241 bilhões no mês passado. Em novembro de 2019, o déficit foi de R$ 16,6 bilhões.

Segundo a pasta, os resultados negativos deste ano estão atrelados à pandemia provocada pelo novo coronavírus. As medidas de restrição adotadas para frear o contágio derrubaram a atividade econômica, o que resultou em queda da arrecadação com impostos e tributos.

Em novembro deste ano, as despesas primarias relacionadas ao combate à crise da Covid-19 totalizaram R$ 18,5 bilhões. A maior parte dos gastos foi com o auxílio emergencial (R$ 17,8 bilhões) e com o benefício de manutenção do emprego e renda (R$ 2,537 bilhões).

No acumulado de janeiro a novembro, as contas do governo apresentaram um déficit primário recorde de R$ 699,105 bilhões. Esse é o pior resultado para o período, da série histórica iniciada em 1997. De janeiro a novembro do ano passado, o rombo fiscal somou R$ 80,428 bilhões.

Relacionados:

► Com forte impacto da soja, IGP-M varia 0,96% em dezembro; no ano, alta acumulada é de 23,14%► Governo do Rio divulga que leilão de concessão da Cedae está previsto para abril

Leia mais: