clique para ir para a página principal

Ibovespa encerra o dia em alta de 0,24% em pregão que índice chegou a ter sua maior pontuação histórica

Atualizado em -

Ibovespa encerra o dia em alta de 0,24% em pregão que índice chegou a ter sua maior pontuação histórica Pixabay
► Com forte impacto da soja, IGP-M varia 0,96% em dezembro; no ano, alta acumulada é de 23,14%► Confiança no setor de serviços apresentou recuperação em dezembro, aponta FGV

O Ibovespa encerrou o dia em alta de 0,24% aos 119.409 pontos em um pregão que o índice chegou a ter sua maior pontuação histórica logo pela manhã (máxima de 119.860 pontos), mas acabou perdendo fôlego. Com isso, o principal índice brasileiro destoou da bolsa americana, que apesar de ter iniciado o dia em alta, não se sustentou ao longo do pregão.

Com tal desempenho, o Ibovespa agora acumula alta de 3,25% em 2020 e uma valorização de mais de 90% em relação às mínimas do ano, em março, mês que marca o agravamento da pandemia provocada pela Covid-19 no país e a adoção de medidas de 'lockdown'.

O foco dos investidores hoje foi no impasse em relação ao valor do auxílio emergencial pago aos americanos. O impasse gira em torno do valor que as pessoas que ganham até US$ 75 mil por ano receberiam.

A previsão era de pagamento de US$ 600, mas o presidente americano, Donald Trump, queria que a ajuda fosse de US$ 2 mil por pessoa. Enquanto isso, o dólar comercial registra queda de 1,05%, a R$ 5,1824 na compra e a R$ 5,1829 na venda.

Maiores altas

  • CSN (CSNA3) +4,87%  R$ 32,55  
  • Usiminas (USIM5) +4,29% R$ 15,08 
  • Notre Dame (GNDI3) +2,5379,97

Maiores baixas

  • Multiplan (MULT3) -2,14% R$ 23,36  
  • Sabesp (SBSP3) -2,12% R$ 44,74 
  • Iguatemi (IGTA3)  -1,92% R$ 36,86

Relacionados:

► Com forte impacto da soja, IGP-M varia 0,96% em dezembro; no ano, alta acumulada é de 23,14%► Confiança no setor de serviços apresentou recuperação em dezembro, aponta FGV

Leia mais: