clique para ir para a página principal

Bolsonaro afirma que não pode mudar país 'sozinho' e promover despesas além do teto

Atualizado em -

Bolsonaro afirma que não pode mudar país 'sozinho' e promover despesas além do teto Valter Campanato/ Agência Brasil
► "Brasil está quebrado e eu não consigo fazer nada", diz Bolsonaro a apoiadores► Mourão afirma que tomará vacina; Eficácia global da CoronaVac no Brasil será apresentada amanhã

Após ter dito que o Brasil está "quebrado" e que não consegue "fazer nada", o presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta segunda-feira (11) que o estado das contas públicas são um fator que limita sua atuação no cargo e que não vai mudar o país "sozinho". Segundo o mandatário, ele não pode promover despesas além do teto de gastos, apesar de alguns quererem, nas suas palavras, que ele faça "milagre".

"Cada vez menos recursos com a lei do teto e fazendo mais. Alguns querem que eu minta 'ah, o Brasil está uma maravilha'. Não está uma maravilha", disse o presidente. "Sabe a nossa dívida interna quando é que está? R$ 5 trilhões. Isso é sinônimo que estamos bem ou estamos mal?", questionou.

Bolsonaro falou também sobre um acordo assinado com o Japão em torno de pesquisa tecnológica envolvendo o desenvolvimento de baterias com nióbio e grafeno, dois tipos de minério que o gestor há anos faz questão de exaltar. Na sua avaliação, o país que desenvolver uma "superbateria" com os minerais conseguiria o "invento do século". Nesse caso, para ele, o preço do petróleo iria "lá para baixo".

O presidente também aproveitou a oportunidade para criticar prefeitos e governadores que adotaram restrições ao funcionamento do comércio para combater a propagação do novo coronavírus.

"Quem roubou emprego de vocês? Foi eu (sic)? Eu fechei alguma coisa? Não fechei nada", disse o presidente da República a apoiadores. "Fecharam tudo e, agora, estou vendo alguns prefeitos fechando novamente, como o de Belo Horizonte (Alexandre Kalil). Vão fechar aí restaurantes, bares, fechando para quê?", questionou em conversa com apoiadores.

Relacionados:

► "Brasil está quebrado e eu não consigo fazer nada", diz Bolsonaro a apoiadores► Mourão afirma que tomará vacina; Eficácia global da CoronaVac no Brasil será apresentada amanhã

Leia mais: