clique para ir para a página principal

MPM Corpóreos, dona da EspaçoLaser, pode levantar R$ 2,2 bi em IPO

Atualizado em -

MPM Corpóreos, dona da EspaçoLaser, pode levantar R$ 2,2 bi em IPO Divulgação/EspaçoLaser
► O que é bookbuilding e quando é utilizado?► BTG Pactual fará oferta subsequente de ações e poderá movimentar mais de R$ 2 bilhões

A MPM Corpóreos, dona da EspaçoLaser Depilação, estabeleceu a faixa indicativa de preço por ação em sua oferta pública inicial (IPO, em inglês) entre R$ 15,90 e R$ 19,90. Levando em consideração o preço médio e a oferta base de 122,5 milhões de ações, a companhia pode movimentar cerca de R$ 2,2 bilhões.

De acordo com o documento enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), o IPO contará com distribuição primária de 67 mil ativos e secundária de 55,5 milhões. Também há a possibilidade da oferta ser acrescida de um lote adicional de 19,4 milhões de papéis e um lote suplementar de 18,3 milhões.

A companhia afirmou que os recursos levantados serão destinados para a aquisição de participação societária remanescente em sociedades controladas pela companhia, compra de dez sociedades franqueadas da EspaçoLaser entre outras iniciativas de expansão.

Na sexta-feira (15), começa o período de reserva para pequenos investidores com prazo até o dia 27 de janeiro. No dia seguinte, a empresa define o preço por ação após encerrado o procedimento de bookbuilding.

O IPO está sendo coordenado pelo Itaú BBA, Santander Brasil e Goldman Sachs. A EspaçoLaser tem previsão de estreia em 1º de fevereiro, no segmento Novo Mercado, sob o ticker "ESPA3".

Relacionados:

► O que é bookbuilding e quando é utilizado?► BTG Pactual fará oferta subsequente de ações e poderá movimentar mais de R$ 2 bilhões

Leia mais: