clique para ir para a página principal

Crescimento da indústria na Zona do Euro registra leve baixa em janeiro

Atualizado em -

Crescimento da indústria na Zona do Euro registra leve baixa em janeiro Hendrik Schmidt / Getty Images
► Atividade empresarial tem queda na Zona do Euro em janeiro ► CNI: Confiança cai em 26 dos 30 setores da indústria pesquisados em janeiro

A pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI) divulgou que a indústria da Zona do Euro registrou uma leve queda na comparação do resultado de janeiro em relação a dezembro. O PMI final da indústria caiu de 55,2 pontos em dezembro para 54,8 em janeiro.

O ritmo perdeu força devido as novas medidas de lockdown que foram implementadas no continente. O aumento no número de infecções fez com que os países da Europa fechassem várias atividades do setor de serviços. Com isso, as indústrias assumiram o papel de sustentar a economia europeia.

“A produção industrial da zona do euro do euro continuou a se expandir a um ritmo sólido no início de 2021, embora o crescimento tenha enfraquecido para o ritmo mais fraco desde que a recuperação começou conforme novas medidas de lockdown e escassez de oferta apresentam novos desafios para os produtores da região”, explica Chris Williamson, economista-chefe do IHS Markit, empresa britânica de informações e serviços financeiros.

Em relação ao indicador da produção industrial, a pesquisa apontou que o mês de janeiro fechou com pontuação de 54,6. Resultado inferior ao registro de dezembro que ficou em 56,3 pontos. Vale ressaltar que apesar da baixa, a pontuação acima de 50 indica crescimento.

Dados de uma pesquisa da Reuters, apontam que como a maior parte dos estabelecimentos do setor de serviços deve permanecer fechada, a projeção é que o PIB no continente precise de dois anos para alcançar os níveis antes da Covid-19.

Relacionados:

► Atividade empresarial tem queda na Zona do Euro em janeiro ► CNI: Confiança cai em 26 dos 30 setores da indústria pesquisados em janeiro

Leia mais: