clique para ir para a página principal

Alphabet registra lucro líquido de US$ 15,6 bilhões no 4T20

Atualizado em -

Alphabet registra lucro líquido de US$ 15,6 bilhões no 4T20 Tela do Google Assistente
► Netflix divulga receita de US$ 6,64 bilhões no 4T20 e espera atingir equilíbrio do negócio em 2021► Anatel adia para o dia 24 decisão final sobre edital para 5G

Nesta terça-feira (02), a Alphabet (GOGL34) divulgou sua receita referente ao 4T20 com resultado acima do esperado pelo mercado. A gigante de tecnologia registrou lucro líquido de US$ 15,65 bilhões no último trimestre do ano passado, uma alta de 68,9% ante o mesmo período de 2019. No acumulado do ano, o lucro foi de US$ 41,22 bilhões (alta de 20,43%).

Com recorde no trimestre, a receita da companhia chegou a US$ 56,9 bilhões. O total representa um avanço de 23,7% no comparativo anual. A margem operacional do trimestre foi de 28%, comparado aos 20% reportados em 2019.

A dona do Google também anunciou, pela primeira vez, o resultado da unidade de negócios de computação em nuvem: um prejuízo anual de US$ 5,6 bilhões de dólares.

Na divulgação do balanço, a diretora financeira Ruth Porat afirma que o resultado foi impulsionado principalmente por receitas de pesquisas e do YouTube, "com a recuperação do consumo e das atividades comerciais".

O negócio de publicidade do Google, incluindo o YouTube, foi responsável por 81% da receita de US$ 56,9 bilhões de dólares do grupo no quarto trimestre, que subiram 23% ante o ano anterior.

"Nossos fortes resultados no trimestre refletem a utilidade de nosso produtos e serviços para pessoas e empresas, bem como a transição acelerada para serviços online e para a nuvem. O Google tem sucesso quando ajudamos nossos clientes e parceiros a ter sucesso e vemos oportunidades significativas para firmar parcerias significativas à medida que as empresas buscam cada vez mais um futuro digital", disse Sundar Pichai, CEO do Google e da Alphabet, em comunicado divulgado pela holding.

Outro ponto positivo foi o lucro por ação (LPA), medida bastante usada para verificar a lucratividade da empresa, que ficou em US$ 22,30. Valor unitário acima das expectativas de analistas consultados pela Refinitiv (empresa global que analisa dados do mercado financeiro), que esperavam LPA de US$ 15,57.

A empresa prevê ainda US$ 2 bilhões em ganhos em 2021 com a otimização de servidores. Suas instalações tiveram vida útil aumentada de três para quatro anos. E os equipamentos de rede tiveram uma avaliação de vida útil aumentada para cinco anos, ante os três anos anteriores.

click aqui para se cadastrar

Relacionados:

► Netflix divulga receita de US$ 6,64 bilhões no 4T20 e espera atingir equilíbrio do negócio em 2021► Anatel adia para o dia 24 decisão final sobre edital para 5G

Leia mais: