clique para ir para a página principal

Intelbras precifica ação em R$ 15,75 e movimenta R$ 1,3 bilhão

Atualizado em -

Intelbras precifica ação em R$ 15,75 e movimenta R$ 1,3 bilhão Divulgação/Intelbras
► Santander Brasil tem lucro de R$ 13,8 bi em 2020; no mundo, banco espanhol teve prejuízo de € 8,77 bi► TIM obtém direito de comprar participação minoritária no banco digital C6

A Intelbras (INTB3) fixou o preço por ação em sua oferta pública inicial (IPO) em R$ 15,75, valor que ficou um pouco acima do piso da faixa indicativa, que variava entre R$ 15,25 e R$ 19,25, movimentando R$ 1,3 bilhão.

Do valor arrecadado, 55,55% (R$ 724 milhões) correspondem à tranche primária, indo direto para o caixa da empresa. O restante (R$ 579,6 milhões) faz parte da oferta secundária.

A companhia submeteu o pedido em novembro do ano passado. Segundo o prospecto preliminar, a Intelbras pretende utilizar os recursos da oferta para acelerar seu crescimento através de aquisições, além de expandir capacidade de produção de fábricas em Manaus e Minas Gerais, bem como em sua nova unidade em Santa Catarina, focada em produtos de energia. O IPO é coordenado pela BTG Pactual, Santander Brasil, Itaú BBI e Citigroup.

As ações da companhia estreiam na B3 na próxima quinta-feira (4), sob o ticker INTB3.

A Intelbras é a maior fabricante nacional de câmeras e equipamentos de segurança eletrônica e comunicação do Brasil. Em seu prospecto, a companhia afirma estar presente em 98% dos municípios com potencial de consumo eletrônico no Brasil e exportar seus produtos para diversos países. A empresa registrou receita operacional líquida de R$ 1,46 bilhão de janeiro a setembro de 2020, aumento de 20,2% na comparação anual.

Relacionados:

► Santander Brasil tem lucro de R$ 13,8 bi em 2020; no mundo, banco espanhol teve prejuízo de € 8,77 bi► TIM obtém direito de comprar participação minoritária no banco digital C6

Leia mais: