clique para ir para a página principal

Ibovespa encerrou o dia em -0,39% com o mercado atento aos cenários corporativo e político

Atualizado em -

Ibovespa encerrou o dia em -0,39% com o mercado atento aos cenários corporativo e político Unsplash
► Bradesco registra lucro líquido de R$ 6,8 bi no 4T20; maior resultado trimestral da história do banco► Mobly define preço de ação em IPO e levantará R$ 777,8 milhões

O índice brasileiro encerrou o dia em queda de -0,39% aos 119.260 pontos com o mercado atento ao cenário corporativo com a temporada de resultados e cenário político. Um dos destaques foi a afirmação de que Bolsonaro irá se reunir com representantes de caminhoneiros, taxistas e outros setores para anunciar mudanças no setor de combustíveis e na cobrança de impostos no setor.

A informação soou como uma interferência no setor privado em um momento no qual o mercado comemorava o discurso alinhado de Bolsonaro, Ministério da Economia e Congresso para defender as pautas liberais como as reformas.

Na parte corporativa, destaque para o lucro de R$ 6,8 bilhões do Bradesco no quarto trimestre. Já a Vale registrou desvalorização nas suas ações. A mineradora informou que produziu 84,5 milhões de toneladas de minério de ferro nos últimos três meses de 2020. Além disso, a empresa chegou a um acordo com o governo de Minas Gerais no valor total de R$ 37,68 bilhões em reparações pelo rompimento de barragem da mineradora em Brumadinho. Com isso, a mineradora fará uma provisão adicional de R$ 19,8 bilhões.

Enquanto isso, o dólar comercial registra alta de +1,47% a R$ 5,4488 na compra e a R$ 5,4493 na venda.

Maiores altas

  • Bradesco (BBDC3) +3,07% R$ 22,86
  • CVC (CVCB3) +3,02% R$ 20,11
  • Bradesco (BBDC4) +3,01% R$ 26,01

Maiores baixas

  • B2W (BTOW3) -4,48% R$ 86,34
  • Weg (WEGE3) -3,50% R$ 85,57
  • JHSF (JHSF3) -3,17% R$ 7,63

click aqui para falar com um especialista

Relacionados:

► Bradesco registra lucro líquido de R$ 6,8 bi no 4T20; maior resultado trimestral da história do banco► Mobly define preço de ação em IPO e levantará R$ 777,8 milhões

Leia mais: