clique para ir para a página principal

Ibovespa fecha em queda de 0,19% em seu terceiro pregão negativo consecutivo

Atualizado em -

Ibovespa fecha em queda de 0,19% em seu terceiro pregão negativo consecutivo Unsplash
► Vale anuncia investimento de US$ 6 milhões na Boston Metal ► Campos Neto diz que país não tem espaço fiscal para medidas adicionais de estímulo sem compensação

O índice brasileiro encerrou o dia em queda de -0,19% aos 119.471 pontos no terceiro pregão consecutivo de desempenho negativo. A baixa, contudo, foi reduzida graças à alta dos bancos, que contrapuseram parte do pessimismo com a Petrobras que sofre ainda com as desconfianças acerca de sua política de preços.

É esperada para hoje ainda a votação na Câmara dos Deputados do projeto que dá autonomia ao Banco Central. O presidente da Câmara, disse que há uma sinalização positiva dos líderes partidários em votar a proposta. Pelo projeto, o presidente da autoridade monetária só poderá ser demitido pelo presidente da República se for condenado por improbidade ou tiver um desempenho reconhecidamente ruim.

Entre os indicadores, o IPCA cresceu a 0,25% em janeiro, um pouco abaixo da mediana das projeções dos economistas, que apontava para uma alta a 0,31% no medidor oficial de inflação. Nos últimos 12 meses, o indicador acumula alta de 4,56%.

Enquanto isso, o dólar comercial registra alta de +0,19% a R$ 5,3819 na compra e a R$ 5,3829 na venda.

Maiores altas

  • Sabesp (SBSP3) +7,10% R$ 42,56
  • CSN (CSNA3) +2,43% R$ 35,45
  • Ultrapar (UGPA3) +2,22% R$ 24,39

Maiores baixas

  • Petrorio (PRIO3) -4,13% R$ 77,74
  • Eztec (EZTC3) -3,36% R$ 36,84
  • JHSF (JHSF3) -3,03% R$ 7,35

click aqui para falar com um especialista

Relacionados:

► Vale anuncia investimento de US$ 6 milhões na Boston Metal ► Campos Neto diz que país não tem espaço fiscal para medidas adicionais de estímulo sem compensação

Leia mais: