clique para ir para a página principal

Nova Harmonia, grupo de loteamento urbano, pede registro para IPO

Atualizado em -

Nova Harmonia, grupo de loteamento urbano, pede registro para IPO Habicamp
► O que é uma IPO e como posso avaliar uma oportunidade?► IPO da Cruzeiro do Sul movimenta R$ 1,23 bilhão

O grupo de loteamento urbano Nova Harmonia pediu nesta quarta-feira (10) registro para uma oferta inicial de ações (IPO). A companhia, que afirma no prospecto preliminar ter tido receita líquida de R$ 262 milhões em 2020, diz também que seu estoque de terrenos soma R$ 5,6 bilhões ativos que serão usados para lançar cerca de 60 mil unidades imobiliárias.

O grupo, que surgiu no final do ano passado da união entre Harmonia Urbanismo e Nova Bairros Planejados, possui sede em Goiás e tem foco em cidades com população a partir de 75 mil habitantes, especialmente nas regiões Norte e Centro-Oeste do país.

A oferta, que será coordenada por XP e Itaú BBA, visa a captar recursos para a empresa comprar terrenos, reformar ativos atuais, reforçar o caixa e acelerar o ritmo de obras. Membros das famílias fundadoras das empresas que deram origem ao grupo também vão vender participação no negócio.

Neste ano, a Canopus e a Emccamp Residencial desistiram de seus planos de captar recursos no mercado por meio na listagem na B3. Em 2020, as desistências incluíram diversas construtoras como a Alphaville Urbanismo, Housi, e Patrimar Engenharia.

Relacionados:

► O que é uma IPO e como posso avaliar uma oportunidade?► IPO da Cruzeiro do Sul movimenta R$ 1,23 bilhão

Leia mais: