clique para ir para a página principal

Mercado reduz previsão de crescimento e aumenta projeção de inflação

Atualizado em -

Mercado reduz previsão de crescimento e aumenta projeção de inflação Marcello Casal Jr. | Agência Brasil
► 'Prévia do PIB' indica alta de 0,86% em outubro; no ano, queda acumulada é de 4,92%► PIB dos EUA cai 3,5% em 2020

Economistas do mercado financeiro aumentaram a estimativa de inflação para este ano pela sexta semana seguida e revisaram para baixo a expansão do PIB para o ano.

Segundo o boletim Focus, divulgado hoje pelo Banco Central, a expectativa do mercado para a inflação passou de 3,60% para 3,62%. Apesar da alta, o número segue dentro da meta central de inflação, que é de 3,75%. Para 2022, o mercado manteve a previsão de inflação em 3,49%. Para o ano que vem, a meta central de inflação é de 3,50%.

Sobre as projeções para o PIB, a previsão de crescimento para este ano passou de 3,47% para 3,43%. Essa é a segunda queda seguida do indicador. Para 2022, o mercado manteve a projeção de expansão em 2,50%.

Sobre a taxa básica de juros, o mercado subiu a expectativa de 3,50% para 3,75% ao ano. Para o fim de 2022, a projeção é que a Selic chegue a 5%. Para o câmbio, a projeção é do dólar estável em torno dos R$ 5,00 e para os investimentos estrangeiros a previsão do relatório segue estável em US$ 60 bilhões para 2021. Para 2022, a estimativa também se manteve estável, em US$ 70 bilhões.

Relacionados:

► 'Prévia do PIB' indica alta de 0,86% em outubro; no ano, queda acumulada é de 4,92%► PIB dos EUA cai 3,5% em 2020

Leia mais: