clique para ir para a página principal

Dólar dispara e bolsa desaba com anulação de condenações de Lula

Atualizado em -

Dólar dispara e bolsa desaba com anulação de condenações de Lula Fernando Frazão/ Agência Brasil
► Guedes defende mais programas sociais e diz que antecipará 13º dos idosos► Paulo Guedes afirma que valor médio das novas parcelas do auxílio emergencial será de R$ 250

O dólar opera em forte alta nesta segunda-feira (8). O índice Ibovespa já vinha em queda desde o início dos negócios, em dia marcado pela força da moeda norte-americana no exterior em meio à alta dos rendimentos dos Treasuries (os títulos do tesouro dos EUA) e as perspectivas de aceleração da inflação.

Nesta tarde, contudo, o movimento foi acentuado por causa da uma decisão jurídica. O ministro do Supremo Tribunal Federal, Edson Fachin, anulou todas as condenações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pela Justiça Federal no Paraná relacionadas às investigações da Operação Lava Jato. Com isso, o ex-presidente Lula recupera os direitos políticos e volta a ser elegível.

O ministro entendeu que a vara em Curitiba não tinha competência para julgar os processos e anulou todas as decisões proferidas nos casos do tríplex do Guarujá, do sítio em Atibaia, da compra de uma sede para o Instituto Lula e das doações feitas ao instituto do ex-presidente.

Fachin determinou a remessa dos processos à Seção Judiciária do Distrito Federal. A decisão de Fachin, tomada de forma monocrática, garante a preservação dos direitos políticos de Lula. A decisão será posteriormente avaliada pelo plenário do STF.

Perto das 16h50h, o índice Ibovespa caía -2,85%, a 111.914 pontos, liderado pela Localiza (SA:RENT3), Lojas Americanas (SA:LAME3) e Rumo (RAIL3), com recuos acima de 8%.

Relacionados:

► Guedes defende mais programas sociais e diz que antecipará 13º dos idosos► Paulo Guedes afirma que valor médio das novas parcelas do auxílio emergencial será de R$ 250

Leia mais: