clique para ir para a página principal

3R Petroleum anuncia follow-on e pode levantar R$ 972 milhões

Atualizado em -

3R Petroleum anuncia follow-on e pode levantar R$ 972 milhões Ricardo Reis
► O que é bookbuilding e quando é utilizado?► Câmara finaliza marco regulatório do gás natural e ignora sugestões do Senado

Clique e fale com um especialista VLG Investimentos

Clique e fale com um especialista VLG Investimentos

O conselho administrativo da 3R Petroleum (RRRP3) autorizou uma nova oferta de ações (follow on) que pode levantar até R$ 972,3 milhões. A companhia, que estreou na B3 há menos de quatro meses, pretende realizar uma oferta primária com o lote principal de, inicialmente, 16,930 milhões de ações ordinárias.

No final do pregão de ontem, a ação ordinária era cotada em R$ 42,54. Levando em conta esse número, a 3R Petroleum pode movimentar até R$ 720,2 milhões em sua nova emissão. Com a possibilidade de um lote adicional ser disponibilizado, que pode chegar a até 35% do total inicialmente ofertado, o montante pode saltar para R$ 972,2 milhões, considerando a mesma base.

A oferta está sendo coordenada pelo BTG Pactual (BPAC11), XP investimentos, Itaú BBA, Credit Suisse e Genial Investimentos. O público-alvo da emissão serão os investidores que já possuem ações da empresa e investidores profissionais.

O processo de bookbuilding começou já nesta sexta-feira (19) e vai até o dia 30 de março, data em que a nova oferta deve ser precificada. As novas ações devem começar a ser negociadas na B3 no primeiro dia de abril.

Segundo a empresa, o dinheiro levantado será utilizado para aumentar o capital da sua subsidiária Candeias, que precisa realizar um pagamento de US$ 240 milhões à Petrobras, para adquirir recursos para a aquisição de ativos em águas profundas, concluir a compra do Polo Peroá, e para aumentar o caixa, de olho em novas oportunidades de compra.

A 3R surgiu na busca por projetos onshore com o desinvestimento da Petrobras (PETR3; PETR4) e trabalha na revitalização de campos maduros de petróleo e gás em terra e águas rasas.

Companhia avalia ativos da Petrobras após US$ 600 mi em contratos

A 3R Petroleum já fechou US$ 600 milhões em contratos com a Petrobras, com a compra de participação e operação de seus campos maduros de petróleo, dos quais US$ 216 milhões já foram pagos, é o que afirma o diretor financeiro da petroleira, Rodrigo Pizarro.

Até o momento, apenas o polo de Macau, comprado por US$ 191 milhões, teve sua aquisição concluída. A expectativa é concluir a compra dos polos Pescada & Arabaiana, Fazenda Belém e Rio Ventura, nos próximos dois trimestres.

“O desinvestimento da Petrobras é a melhor forma de ampliar portfólio… Estamos participando ativamente”, afirmou Pizarro, em uma entrevista por videoconferência à Reuters.

De acordo com Pizarro, a companhia poderá fazer lances também por ativos marítimos, como forma de diversificar o seu portfólio, mas não como operadora.

Podcast +Q1Minuto

Entenda mais sobre o universo dos IPOs ouvindo o episódio do podcast +Q1Minuto sobre o crescimento das ofertas disponíveis na B3. Nele o Sócio e Economista da VLG Investimentos, Leonardo Milane, aprofunda o tema e explica com mais detalhes como os investidores podem se orientar sobre os papéis de novas empresas lançados na bolsa de valores.

Relacionados:

► O que é bookbuilding e quando é utilizado?► Câmara finaliza marco regulatório do gás natural e ignora sugestões do Senado

Leia mais: