clique para ir para a página principal

Índices futuros norte-americanos operam em alta após recuo da taxa de títulos do Tesouro americano

Atualizado em -

Índices futuros norte-americanos operam em alta após recuo da taxa de títulos do Tesouro americano Pexels
► JBS projeta levantar mais de R$ 1,5 bilhão com distribuição de CRAs► Caixa Econômica registra lucro de R$ 13,169 bilhões em 2020

Clique e fale com um especialista VLG Investimentos

Clique e fale com um especialista VLG Investimentos

Nesta sexta-feira (19), os investidores acompanham o avanço da pandemia da Europa, bem como os preços do petróleo e o comportamento da taxa de juros do treasury americano, depois de um dia de quedas nos índices acionários dos EUA e dos preços da commodity. Além disso, no dia de hoje acontece o “Quadruple Witching”, que é o dia do vencimento de contratos de opções, opções de índices, futuros de índices e futuros de ações nos EUA e na Europa, o que possivelmente influenciará o volume de negociações. No Brasil, o mercado começa a reagir ao aumento da taxa básica de juros (Selic) para 2,75%.

Em relação aos mercados mundiais, nos EUA os índices futuros Dow, S&F 500 e Nasdaq indicam alta de 0,14%, 0,26% e 0,51% respectivamente. Esse resultado ocorre após um dia de baixas em meio à alta dos rendimentos dos títulos de Tesouro americano, que chegaram a 1,75%. Hoje, porém, a taxa recua para 1,689%. Nesse contexto, as bolsas asiáticas fecharam em sua maioria em queda. Na Europa, o índice Stoxx 600 futuro indica queda de 0,33% em meio à alta do Treasury americano e ao avanço do Coronavírus no continente. Países como Alemanha, França e Itália implementam medidas de lockdown para tentar conter o vírus, em meio à expectativa de uma possível “terceira onda” da pandemia.

Ainda nesse contexto, no dia de hoje o Petróleo Brent é negociado com alta de 0,21%, cotado a R$ 63,41 o barril. Os contratos futuros de minério de ferro negociados na bolsa de Dalian (China) fecharam em queda de 3,47%, cotados a US$ 160,16 a tonelada.

No contexto corporativo, o mercado repercute a saída do presidente do Banco do Brasil, André Brandão. O nome de Fausto de Andrade Ribeiro, atual diretor da BB Administradora de Consórcios, foi indicado para o cargo. Essa mudança pode contribuir com a percepção de investidores sobre a interferência do governo federal em estatais, pois essa saída ocorreu depois de desgastes entre o ex-presidente da empresa e o presidente Jair Bolsonaro em decorrência do anúncio do banco de fechar 361 agências e abrir um programa de demissão voluntária.

Em relação à temporada de resultados, a Cyrela apresentou lucro líquido de R$ 261 milhões no quarto trimestre de 2020, o que foi um aumento de 75% em relação ao mesmo período de 2019. Por fim, a Hapvida divulgou lucro líquido de R$ 94,3 milhões nos últimos três meses do ano passado, queda de 55,2% em relação ao lucro líquido de R$ 210,6 milhões do quarto trimestre de 2019.

Relacionados:

► JBS projeta levantar mais de R$ 1,5 bilhão com distribuição de CRAs► Caixa Econômica registra lucro de R$ 13,169 bilhões em 2020

Leia mais: