clique para ir para a página principal

Renault é a oitava montadora no país a suspender produção por combate à pandemia

Atualizado em -

Renault é a oitava montadora no país a suspender produção por combate à pandemia Renautl | Divulgação
► Nissan do Brasil suspende produção por agravamento da pandemia da Covid-19► Toyota também suspende produção por agravamento da pandemia

A Renault anunciou que também irá interromper suas linhas de montagem no Brasil até o dia 05 de abril. A fábrica da empresa fica em São José dos Pinhais (PR). O objetivo é ajudar a controlar a pandemia de Covid-19 no país. Além disso, a falta de componentes eletrônicos é outro fator que tem afetado a produção das montadoras.

Segundo a montadora francesa, os dias não trabalhados serão compensados oportunamente. Nas fábricas, diz o comunicado da companhia, serão mantidas apenas atividades essenciais.

Ainda segundo a Renault, os funcionários das áreas administrativas seguem em teletrabalho. A decisão, diz o comunicado, tem o objetivo de “contribuir para o isolamento social neste momento em que diferentes cidades adotaram medidas mais restritivas, e em alinhamento com o Sindicato dos Metalúrgicos de Curitiba”.

”Desde o início da pandemia nossa prioridade tem sido a saúde dos nossos colaboradores. Implementamos um completo protocolo de saúde e segurança, que segue vigente desde maio de 2020. Ao longo de todo este período operando com adoção do protocolo, nossa experiência demonstrou que as nossas fábricas são um ambiente seguro”, diz o comunicado.

Além da Renault, já anunciaram a suspensão da produção no Brasil as montadoras Toyota, Volkswagen, Nissan, Mercedes, Honda, Scania e Volvo.

Relacionados:

► Nissan do Brasil suspende produção por agravamento da pandemia da Covid-19► Toyota também suspende produção por agravamento da pandemia

Leia mais: