clique para ir para a página principal

Agronegócio fecha quase 1 milhão de vagas em ano de crescimento recorde

Atualizado em -

Agronegócio fecha quase 1 milhão de vagas em ano de crescimento recorde Stephane Mahe | Reuters
► Importação de soja do Brasil pela China caiu 80% nos dois primeiros meses do ano► Ipea revisa de 1,5% para 2,2% o PIB agro para 2021

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da USP, calcularam que o agronegócio teve uma expansão recorde de 24,31% em 2020. Com esse resultado, o setor ampliou de 20,5% para 26,6% sua participação no PIB nacional. Apesar disso, a população ocupada no setor fechou 949 mil postos de trabalho (-5,2%).

Para explicar como um setor em crescimento fecha postos de trabalho é preciso levar em conta fatores como aumento da produtividade, câmbio e até a inflação dos alimentos.

”No agronegócio, a maior parte do PIB não é gerado onde está a maioria dos empregos. Muito da produção é exportada, se valendo do câmbio favorável, e, no campo, a produção é bastante mecanizada”, explica a pesquisadora do Cepea Nicole Rennó.

Como a metodologia do Cepea para calcular o PIB do agronegócio leva em conta o movimento de toda a cadeia no setor (produção, insumos, agroindústria e serviços), a alta dos alimentos nos supermercados impacta positivamente os números de faturamento do campo. Segundo o IBGE, a inflação dos alimentos foi de 15% no país no ano passado, quase o triplo do índice oficial de inflação, que foi 5,2%.

Outro fator que ajuda a explicar esses números é a demanda da China por alimentos. Mesmo com a pandemia afetando a economia de vários países, as encomendas asiáticas se mantiveram fortes. Além disso, houve uma forte alta no preço das commodities e uma forte desvalorização do real, o que, para um setor voltado à exportação, como é o caso do agronegócio brasileiro, significa produzir em real e vender em dólar, que hoje varia entorno de R$ 5,50.

Queda no emprego e alta na renda

Culturas sazonais, que são mais sensíveis às mudanças do clima, voltadas para o mercado interno ou ainda pouco mecanizadas sentiram mais os impactos do ambiente interno de recessão, com queda de 4,1% no PIB, inflação em alta e uma crise sanitária. São nesses segmentos onde houve perda significativa de empregos. As análises desagregadas por trabalhadores mostram que os mais afetados foram os empregos sem carteira assinada, os com menores níveis de instrução formal e as mulheres.

”Num ambiente de crise, as primeiras vagas que somem são as que exigem menos escolaridade, pagam as menores remunerações e estão mais longe dos grandes centros”, diz Nicole Rennó, do Cepea.

Enquanto houve queda de 15,59% no número de trabalhadores sem instrução e de 10,1% no de trabalhadores com, no máximo, ensino fundamental, houve aumento de 5,7% no número de ocupações de profissionais com ensino superior. Como o resultado, houve um aumento médio na renda mensal dos empregados de R$ 2009,00 para R$ 2059,00 de 2019 para 2020.

Recuperação

Pela metodologia do IBGE, que calcula apenas o segmento primário (dentro da porteira), o PIB do agronegócio em 2020 foi de 2%. Apesar do crescimento, a cadeia produtiva ainda se recupera de um cenário conturbado nos últimos anos.

Considerando, por exemplo, o cenário dentro das fazendas, em razão dos preços, a renda real recuou 20% entre 2017 e 2019, apesar da alta de 20% na produção no mesmo período. Para contornar o problema, muitos produtores fizeram uso de venda antecipada de grãos, fazendo com que deixassem de ganhar com a alta do dólar, que disparou a partir de 2019. Para 2021, a CNA projeta uma expansão de 2,5%.

Podcast +Q1Minuto

Entenda melhor como lucrar com o crescimento do setor do agronegócio brasileiro. Desde a liberação do crédito ao produtor rural até a possibilidade de rentabilizar a sua carteira com a aplicação em ativos como CRAs, LCAs e Derivativos.

Ouça o episódio do +Q1Minuto sobre como investir no Agronegócio e amplie o seu conhecimento sobre as oportunidades no setor através dos investimentos nas commodities agrícolas.

Relacionados:

► Importação de soja do Brasil pela China caiu 80% nos dois primeiros meses do ano► Ipea revisa de 1,5% para 2,2% o PIB agro para 2021

Leia mais: