clique para ir para a página principal

Presidente do IBGE anuncia saída do cargo

Atualizado em -

Presidente do IBGE anuncia saída do cargo Fernando Frazão | Agência Brasil
► Taxa de desocupação bateu recorde em 20 estados em 2020► Ipea revisa de 1,5% para 2,2% o PIB agro para 2021

(Agência Brasil) - A presidente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Susana Cordeiro Guerra, pediu exoneração do cargo. A informação foi divulgada pela assessoria de imprensa do instituto na tarde desta sexta-feira (26).

Segundo a nota divulgada pelo IBGE, o pedido de exoneração de Susana é motivado por questões pessoais e de família. A economista deve continuar no cargo até que um novo presidente, a ser indicado, tome posse.

Susana Cordeiro Guerra assumiu a presidência do IBGE em fevereiro de 2019, escolhida pelo ministro da Economia, Paulo Guedes.

Corte no Censo

Ontem (25), o IBGE sofreu um importante revés com a aprovação do orçamento. O texto, que precisa ser sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro, deixa quase sem recursos o Censo 2021 e pode inviabilizar a pesquisa, que já deveria ter sido realizada em 2020, mas foi adiada por causa da pandemia.

O orçamento pedido pelo IBGE para realizar o Censo, inicialmente, era de R$ 3,4 bilhões. No entanto, após pressão do governo federal, o instituto teve que enxugar a pesquisa e o custo passou para cerca de R$ 2 bilhões. O Orçamento da União aprovado, entretanto, destina somente R$ 71 milhões para a pesquisa – menos de 5% do custo acordado.

Relacionados:

► Taxa de desocupação bateu recorde em 20 estados em 2020► Ipea revisa de 1,5% para 2,2% o PIB agro para 2021

Leia mais: