clique para ir para a página principal

Banco Mundial aponta que retomada no Brasil será mais lenta que média da América Latina

Atualizado em -

Banco Mundial aponta que retomada no Brasil será mais lenta que média da América Latina Agência EFE
► Brasil deixa grupo das 10 maiores economias do mundo; Economia diz que queda do PIB poderia ser de 9%► Economia e indústria terão crescimento comprometido por segunda onda de Covid-19 em 2021

O relatório “Voltar a crescer”, publicado pelo Banco Mundial, aponta que a previsão para o crescimento do PIB em 2021 é de 3%, abaixo da média de 4,1% prevista para a América Latina.

O Banco Mundial já havia divulgado a previsão de crescimento de 3% do PIB brasileiro em 2021, mas, na época, a previsão para a América Latina era de crescimento de 3,7%.

O relatório indica uma perspectiva de alta de 6,4% para a Argentina, 5.5% para o Chile e 5% para a Colômbia. De acordo com o Bando Mundial, a América Latina e o Caribe sofreram os maiores danos na economia e na saúde durante a pandemia. Em toda a região, a queda foi de 6,7% em 2020.

”A pandemia iniciou um processo de destruição criativa, que pode levar a um crescimento mais rápido, mas ao mesmo tempo ampliar a desigualdade dentro dos países na região e entre eles”, disse o economista-chefe do Banco Mundial para a América Latina e o Caribe, Martín Rama.

Relacionados:

► Brasil deixa grupo das 10 maiores economias do mundo; Economia diz que queda do PIB poderia ser de 9%► Economia e indústria terão crescimento comprometido por segunda onda de Covid-19 em 2021

Leia mais: